InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 Supernatural: When The Past Comes Back

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Qua Jan 30, 2008 2:22 pm

Capitulo 19

Amanheceu… Buffy e Jennifer estavam nervosas pois iam para a casa delas onde tudo tinha começado. Entraram no carro e dirigiram-se para Los Angels… Quando chegam ao pé da mansão Dean e Sam ficam de boca aberta quando vêem que a casa esta em excelentes condições e bastante bonita.

- O nosso pai mandou arranja-la. – diz Jennifer.

- Ficou fixe. – diz Sam.

- Vamos. – diz Buffy indo a correr para a porta.

Jennifer ficou estática a frente da casa e não conseguia avançar, ela estava branca. Dean apercebeu-se disso e poisou o Luke no chão.

- Jenny, o que se passa? – diz Dean.

- Eu… eu… não consigo entrar naquela casa… - diz Jennifer.

- Que se passa, mãe? – diz Luke.

- Luke, vai ter com a tia. – diz Dean. – Jenny o que se passa?

- Eu não consigo entrar na casa onde a minha mãe foi morta! Não consigo entrar no lugar onde cometi o maior erro da minha vida! Não consigo entrar nesta casa! Não consigo! – diz ela a chorar e a gritar.

- Jenny! Que erro foi esse? – perguntou Dean.

- Ter curtido com o idiota do Ned! Esta casa… foi um erro termos vindo para aqui. Desculpa… - diz Jennifer a chorar.

- Não tens de me pedir desculpas, amor. – diz ele.

- Tenho sim. - diz ela.

Buffy apercebeu-se da cena, e entrou na casa com Luke, mais Sam.

- E agora o que fazemos!? - perguntou Dean, abraçando-a.

- Não sei. Vendemos a casa e vamos para outro lado. Eu não sou capaz de entrar la dentro. - diz Jennifer a chorar.

- Shiuuu! - disse Dean, ainda abraçando-a - Eu sei como te sentes!.

- Sabes? - perguntou ela.

- Sim, há quatro anos, aconteceu-me a mesma coisa! - confessou ele - Era mais uma caçada, desta vez por causa dos 'sonhos' do Sam. Voltamos a Lawrence e eu fiquei assim em pânico, porque tinha prometido que nunca mais lá voltava, mas prontos, tive que quebrar a promessa! - terminou ele, olhando para ela.

- Então... eu vou tentar entrar... - diz ela determinada.

Jennifer deu a mão a Dean, e começaram andar até a porta. Jennifer tremia por todos os lados. Mas Jennifer parou novamente. As imagens do incêndio e de tudo o resto voltavam-lhe a cabeça.

- Não consigo... as imagens do incêndio... não consigo... - diz ela começando a chorar.

Dean abraça-a.

- Pronto! - sussurrou ao ouvido dela - Vamos embora daqui!

- Não. Tenho de conseguir. - dela determinada.

Dean olhou para ela.

- Se tens mesmo a certeza, ok! - disse ele.

Jennifer olha para a enorme sala, e entra na porta.

- Buffy? Estas aonde?

Ninguém respondeu. Mas entretanto aparece Luke.

- A casa e bonita Mãe. - diz Luke.

- Onde está a tua tia? - perguntou Dean.

- Não sei! - respondeu Luke.

Jennifer e Dean olham-se.

- Vamos ate a cima. - diz Jennifer.

Jennifer foi ver mas com receio de passar naqueles corredores vazios. E Jennifer sobe com Dean e com Luke e entram no antigo quarto da buffy onde a Mãe delas morreu... e começa a vir-lhe tudo a cabeça. Jennifer começa a tremer, e Dean a apertar-lhe a mão com força.

- Foi aqui... aqui mesmo... Nãooooooooooooooooooooooo... - gritou Jennifer.

- Mãe!? - chamou Luke, preocupado e agora assustado.

- Não... outra vez não... - Jennifer desata a chorar.

Buffy e Sam saem do quarto do outro lado do corredor.

- Que se passa!? - perguntou Buffy.

- Não... Novamente não... - diz Jennifer.

Buffy chega-se a Jennifer, e agarra-a.

- Que se passa!? - perguntou ela novamente.

- Larga-me... Foi aqui que a nossa mãe foi pendurada no tecto e te tirei do berço... - diz a chorar.

Buffy fica chocada, e cai no chão com mais uma dose de dores e cabeça.

- O pai depois apareceu e levou-nos daqui. Não consigo viver aqui... não consigo... desculpem-me… - diz ela.

Buffy fecha os olhos.

- Luke, chega aqui a mãe... - diz ela limpando as lágrimas.

Entretanto Buffy murmura qualquer coisa e deixa de responder. Sam correu para ela, mas ela não respondia.

- Buffy!!? - chamava ele.

Sam pega em Buffy, e Luke vai para o colo de Jennifer. De repente uma luz muito brilhante aparece no quarto de Buffy. Dean pega na arma a pensar que e algo maligno... Jennifer põe a mão na dele e diz:

- Espera... - diz ela.

Buffy continuava desmaiada ao colo de Sam. A luz branca iluminante, começa a desvanecer-se, até que um vulto branco começa a aparecer. Buffy começa a acordar...

- Hum... que luz é esta!? - perguntou ela, abrindo um pouco dos olhos - já é de manhã!? - perguntou novamente, olhando para Sam.

- E a... a... - tenta dizer Jennifer.

Buffy vira-se para a Jennifer, e dá um salto para o chão.

- Credo! - disse Buffy assustada - Dean a arma já! - avisou ela.

- Não!!!! - pondo-se a frente e ao mesmo tempo põe Luke no chão.

- Boo, tranquiliza-te! - disse o vulto.

- E a nossa mãe! - diz Jennifer saindo da frente.

Buffy começou a tremer por todos os lados.

- Mãe!? - perguntou Buffy.

- Olá Jenny... Olá Boo... - diz Elizabeth.

- A...a...a..! - gaguejavam as duas.

- A minha Jenny... cada vez mais igual a mim... a minha Boo igual cada vez mais igual ao pai... - diz Elizabeth a sorrir.

Buffy continuava de boca aberta, chocada com o que via.

- Desculpa-me Jenny, por não te ter tido quem era realmente... Dean toma conta da minha Jenny... Sam toma conta da minha Buffy também... Eu estarei sempre do vosso lado... - diz Elizabeth.

- A hum... Pensei que fosses mais alta! - disse Buffy finalmente.

- Boo... Achas que isso se diz! - diz Dean.

- Hey, eu não conheci a minha mãe, sim! - avisou ela, seriamente - Tal como o Sam.

- Deixa estar... Boo, por favor... desculpa por não ter estado presente quando eras pequena. Sejam felizes minhas filhas. - diz Elizabeth desaparecendo.

- Mas.. só mais uma coisa! - disse Buffy.

- Sim? – diz Elizabeth.

- Bem... ahum.. na visão eu perguntei isto... - disse Buffy, fazendo uma pausa.

Elizabeth olhou para Buffy e sorriu.

- Não precisam de ficar! - avisou Elizabeth - Compreendo que não estejam há vontade nesta casa! - compreendeu a mãe delas.

Jennifer olhou para Buffy e depois para a mãe. Os outros dois olhavam para Elizabeth.

- Mãe... eu não consigo... sempre que entro aqui lembro-me do que aconteceu... - diz Jennifer tristemente.

- Eu sei! - disse Elizabeth - Procurem a Kirsten! - pediu ela, e uma luz começou a envolve-la.

- Podemos vender a casa? - pergunta Jennifer.

- Assim o desejam - começou ela - assim será! - e a luz desapareceu.

- Mãe!!! - diz Jennifer com as lágrimas nos olhos.

Dean agarra na Jennifer e abraça-a.

- Eu vou cumprir com o que a tua mãe me pediu. – diz ele ao ouvido dela.

- Eu sei. – diz ela. – Vamos embora?

- Vamos. – diz Sam.

- Queres mesmo vender a casa? – pergunta Buffy.

- Quero. Temos de telefonar ao pai a dizer para vender a casa e comprar uma para nós em Newport ao pé da casa da tia Kirsten. – diz Jennifer.

- Vamos para Newport? – pergunta Buffy.

- Sim. Tenho saudades do pessoal. E ainda por cima do meu amorzinho! – diz Jennifer com os olhos a brilhar.

Dean ao ouvir aquilo fica com de parvo ao ouvir Jennifer dizer aquilo.

- Estás com saudades do teu carro? Do teu mercedes descapotável? E eu tenho saudades do pessoal todo. – diz Buffy.

- Eu pedi ao pessoal para tratarem dele muito bem. – diz Jennifer.

E com isto sai do quarto e vai para a rua pois não aguentava estar naquela casa mais tempo. Entretanto enquanto esperava pelos outros telefona ao pai.

- Pai? – diz Jennifer ao telefone.

- Sim, Jenny? – diz ele.

- Podias vender a casa de Los Angels, é que eu vim cá com a mana, e nós não conseguimos viver aqui na casa. – diz Jennifer.

- Eu já sabia que isso ia acontecer e já vos vendi a casa e comprei-vos uma casa entre a da Marissa e da Kirsten. Vão até lá. A Kirsten tem as chaves de casa. Divirtam-se. – diz ele.

- Obrigada, pai. – diz Jennifer.

- De nada. Beijos para todos. – diz ele.

- Para si também. – diz Jennifer.

Jennifer desliga e encosta-se ao carro a espera que eles cheguem. Depois entrarem todos no carro, partem em direcção ao Sul, mais propriamente ao litoral.

- Como tenho saudades deles. Principalmente do Luke! - diz Jennifer.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Qua Jan 30, 2008 2:25 pm

Dean olha de lado para Jennifer.

- Ai e que saudades que eu tenho do meu Ninja, e da cena toda dos nossos judeus! - desabafava Buffy.

Sam olhou agora de lado para Buffy.

- Que saudades dos nossos queridos primos… - diz Jennifer.

- Quantos primos é que têm!? - perguntou Dean, desconfiado de alguma coisa se passava.

- O Luke é nosso primo por parte de pai e o Seth e o Ryan por parte de mãe... e o ninja e a mota da Buffy - diz Jennifer.

- Tanto primo! - comentou Dean, num tom não agradável.

- Calma! Não precisas de ter ciúmes. A Marissa namora com o Ryan, a Summer namora com o Seth e a Lindsey namora com o Luke. - diz Jennifer.

- Ai aquela Marissa e Summer... - disse Buffy, partindo-se a rir - bem nunca em dei muito com a Lindsey! - avisou ela.

- Pois! Ela também nunca saia muito connosco! Só de me lembrar... o que fazíamos aos rapazes - diz Jennifer partindo-se a rir também.

- Não se brinca com os judeus! - dizia Buffy, a rir-se.

- Mas lembraste o que fizemos ao Ryan, ao Seth e ao Luke? Coitados, uma semana com cera no cabelo. – partindo-se a rir ainda mais.

- 'Cera é mau demais!' dizia sempre o Luke. - disse Buffy - 'Uma maneira de uma gaja ficar realmente esbelta' como o Seth dizia, e 'Oh meu deus, poupem-me, é mesmo gay já para um homem!' era a reclamação do Ryan. - disse Buffy partindo-se a rir.

Dean e Sam olhavam para elas...

- Nunca pensei que fizesses uma dessas. - diz Dean olhando para Jennifer.

- Tu nem sabes o que fizemos mais. O Johnny e o Jesse também sofreram e muito mesmo. - diz Jennifer a rir-se.

- Se sofreram! - riu-se Buffy.

- Quem são esses? - pergunta Sam.

- O Jesse é o meu ex-namorado que neste momento está em Inglaterra e o Johnny é um amigo nosso que caiu de uma falésia e morreu no hospital pois não aguentou os ferimentos. – diz Buffy.

- Mas agora não vamos falar de coisas tristes. Vamos falar das partidas que fizemos a eles? Lembraste da outra vez que os trancamos no balneário das raparigas? Coitados ouviram tanto do director. – diz Jennifer rindo-se.

- Pois foi. De quem foi essa bela ideia? – pergunta Buffy.

- A da cera no cabelo foi minha. A da casa de banho foi da Summer. – diz Jennifer a rir-se.

- Hey e aquela minha partida!? - começou Buffy - a da piscina, dos calções dos rapazes! - disse ela, novamente a partir-se a rir.

- Pois foi. Estávamos na água e tirámos os calções aos rapazes! - diz Jennifer a rir-se também.

Sam e Dean não estavam com o mesmo sentido de humor delas as duas.

- O que se passa com vocês hoje? - pergunta Jennifer.

Os dois não responderam.

- Mor o que se passa? - pergunta novamente Jennifer.

- Sim. O que se passa com vocês os dois? - pergunta Buffy.

- Nada! – disseram eles ao mesmo tempo.

E assim continuaram o caminho até Newport Beach… quando chegaram elas começaram a ficar excitadas. Jennifer indicou o caminho da casa da tia delas, onde iam buscar as chaves de casa e iriam ver os primos que já não viam à algum tempo. Dean estacionou à porta de uma grande mansão e ambos saíram do carro e foram em direcção à entrada da casa. Tocaram à campanhia. Uma senhora um pouco alta, loira, apareceu a porta. Quando abre a porta fica de boca aberta.

- Boo? Jenny? São vocês? - pergunta ela.

- Não! - disse Buffy, em sarcasmo - É a Judia e a Católica! - dizia ela a gozar.

Jennifer deu-lhe com o cotovelo.

- Entrem meninas e meninos. Os rapazes vão ficar de boca aberta quando vos virem. Estão todos na piscina. - diz ela.

- Para variar! - comentou Buffy, abraçando Kirsten.

- Vamos. - diz ela.

Vão ate a piscina...

- Pessoal... Tenho uma surpresa para vocês! - diz Kirsten.

A pessoas lá presentes olham todas para Kirsten.

- Aqui está ela... - e sai da frente deixando a mostra Jennifer e Buffy.

Jennifer sorri, e Buffy faz o seu sorriso de criancinha.

- Agora percebo a excitação toda! - murmurou Dean, para Sam.

- É mesmo! - murmurou agora Sam.

- Olha quem são elas! - disse Seth, saindo da água.

Summer e Marissa olharam melhor.

- Jenny!? - perguntou Marissa.

- Boo!? - perguntou Summer.

- Hey irmãs! - saudou Buffy, no gozo.

- Tivemos saudades vossas! - diz Jennifer.

- Olá prima! - diz Luke dando uma palmada nas costas de Jennifer.

As duas saltam da piscina, e vêm a correr todas molhadas feitas malucas. Dean e Sam olharam de alto a baixo ao corpo de Marissa e Summer. Ficaram derretidos, claro, para variar.

- Tia, o meu pai disse que tinha as chaves da nossa nova casa. - diz Jennifer no meio do pessoal que estavam a roda delas as duas.

- Sim, sim! - disse Kirsten, tentando localizar Jennifer no meio da população toda.

- Esperem pessoal. Deixa-nos apresentar ali aqueles rapazes. - diz Jennifer.

Todos se afastam. Dean e Sam eram os únicos que não estavam na roda, com um ar muito sinistro.

- Aquele é o Dean, o meu namorado! - disse Jennifer contente.

- E aquele o Sam, o meu namorado! - disse Buffy, também contente.

- E o meu filho Luke, com o Dean, claro. - diz Jennifer que pegava no miúdo nesse momento.

Marissa, Summer, Ryan, Seth, Luke estavam a olhar para ela.

- Oláaa! - disse Luke, deitando a língua de fora a todos.

Jennifer pousa Luke no chão.

- Sam, Dean, este e o Luke, Ryan, Seth e o nosso tio Sandy. A nossa tia Kirsten, a Marissa, a Summer e a Lindsey. - diz Jennifer apresentando-os.

- Oh meu deus! - murmurou Summer.

- O puto é mesmo igual ao... ahum… Dean!? - disse Marissa, olhando de alto abaixo para o Dean, murmurando.

Neste momento Lindsey sai da piscina.

- Sim, é! - diz Jennifer.

Dean e Sam não resistem e olham para Lindsey de alto a baixo.

- Acho que não vou querer ir para outro local! - murmurou Dean ao Sam.

- Podes crer! - disse Sam.

Seth aproximou-se de Buffy, e fez um ar, completado por Buffy.

- Ser judia é diferente! - concluiu ela, no seu sarcasmo.

- Importaste de calar com isso!? - perguntou Jennifer, a rir-se.

- Pai, mãe tenho fome. - diz Luke.

- Já!? - perguntou Dean - ainda agora acabaste de comer!

- Sim, já! - diz Luke.

- Vocês rapazes estão com vontade de receber mais cera no cabelo? E ficarem sem calções? - diz Jennifer a rir-se.

Ryan que ia dizer qualquer coisa, fechou logo a boca. Luke que estava a rir-se, calou-se. Seth largou Buffy. Marissa, Summer e Lindsey olharam para Buffy e Jennifer, e partiram-se a rir. Dean e Sam não puderam conter-se e riram-se também.

- Toinos! - disse Dean.

- Creme depilatório no cabelo é pior! - disse Sam.

- Tu não sabes o que é sofrer com estas cinco! - diz Luke.

- Vamos ver a casa? - pergunta Sandy que tinha ido buscar as chaves da casa das raparigas.

- O Paraíso - pensou Dean.

Buffy e Jennifer olharam para trás, e correm em direcção a Sandy, que tinha acabado de descer do quarto.

- Olá tio! - disse Jennifer abraçando-o.

- Olá Jenny. Olá Boo. – diz ele a sorrir.

- Vamos então ver a casa? – pergunta Buffy.

- Claro que sim! – dizem as duas.

Saem todos de casa e vão até a casa das irmãs pois estavam todos com curiosidade de a conhecer. Entram pelo portão e dão de caras logo com uma mota espectacular e um mercedes descapotável cinzento.

- Bela mota e carro! – diz Dean.

- A mota e da Buffy e o carro da Jenny. – diz Kirsten.

- Nós ficámos a tomar conta deles quando elas se foram embora. E quando o meu cunhado nos telefonou a dizer que tinha comprado esta mansão trouxemos o carro e a mota para aqui! – diz Sandy.

- Entramos? – perguntou o pequeno Luke.

- Claro que sim. – diz Jennifer pegando nele ao colo.

Entraram na casa, ela já estava toda mobilada pelo estilo que ambas tinham a casa de Tóquio e de acordo com os gostos de cada uma.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Qua Jan 30, 2008 2:27 pm

- Fomos nós que decorámos a vossa casa. – diz Marissa.

- Obrigada meninas! – dizem as outras duas.

- Mãe quero ir ver o meu quarto. – diz Luke.

- Então vamos. Anda Dean. – diz Jennifer olhando para ele.

Buffy foi a correr para a moto!

- Ai que saudades Ninja! - gritava ela, histérica, sentando-se nela, e tocando no equipamento.

Jennifer antes de subir para ir ver o quarto, diz:

- Pessoal, que tal festa aqui esta noite? Matar saudades das partidas? - diz Jennifer.

- Por mim! - gritou Buffy, muito sorridente.

Summer e Marissa só se riam.

- Claro! Contem comigo! - disse Lindsey juntando-se.

- Vocês vão sofrer! - diz Jennifer a subir as escadas.

E sobe as escadas ate ao primeiro andar. Entram no quarto de Luke que adormece mal se deita na cama do cansaço que apresentava depois daquela viagem para Los Angels. Eles aproveitam e vão ver o quarto deles, que dava para as traseiras da casa onde estava a piscina e tinha uma vasta varanda que dava acesso a piscina. Eles entram...

- Bem... belo quarto. - diz Jennifer.

Jennifer senta-se na cama. O resto do pessoal tinha ido para a piscina. Dean atira-se na cama.

- Tem calma, homem! - diz Jennifer.

- Isto é mesmo bom! - dizia Dean, com um sorrisinho.

- E bom, o que? As meninas que estavam em biquini? - pergunta Jennifer.

- Ahn!? - disse ele, olhando para ela, desaparecendo aquele sorriso.

- Nada. Esquece. Vou ver se elas trouxeram as minhas roupas que cá ficaram. - diz ela abrindo a gaveta das camisas de dormir onde encontra aquela camisa toda sexy preta.

Tira-a da gaveta e levanta-a deixando o Dean vê-la com segundas intenções, Dean abre a boca.

- Isto sim é que é vida! - murmurou Dean, com mais um sorriso.

Com isto, aproxima-se de Jennifer. Aproxima-se e aproxima-se, e agarra na camisa sexy de Jennifer.

- Dean! Dá ca isso! - diz Jennifer.

Dean não dá!

- Dean, para quê que queres essa camisa? - diz ela indo atrás dele.

Dean sorri, sem responder, e beija-a. E caem na cama... e continuam a beijar-se.

- Então aceitas viver aqui? - pergunta Jennifer entre os beijos.

- Se aceito, ui! - murmurou Dean - California é do melhor.

- Pois... muitas meninas em biquini... - diz ela.

Dean não disse nada, e continuou a beijá-la. Entretanto na piscina... Estavam todos na água. Buffy tirou as jeans e o top e atirou-se para a água. (acalmem-se estava de cuecas e soutien) Sam ficou a olhar para ela, mais um grupo sociável.

- As vezes tenho que dar a razão ao Dean! - disse Sam.

Dean e Jennifer descem as escadas, já estavam com roupa de praia. Jennifer chama as meninas pois teve uma ideia.

- Meninas cheguem aqui. - diz Jennifer.

Buffy, Marissa, Summer e Lindsey, saíram em filinha.

- Bora pregar mais uma partida daquelas aos rapazes? - pergunta Jennifer.

As raparigas olham para trás, e sorriem.

- Claro! - responderam em coro.

- Então o que vamos fazer-lhes? Cera no cabelo? - pergunta Jennifer.

- Essa já é velha - disse Marissa.

Buffy e Summer olharam-se.

- Já sei! - disseram as duas.

- O quê? - perguntam as outras três.

- Que tal contratarmos umas pegas!? - perguntou Summer, a sorrir.

Buffy explicou-lhes o resto.

- Yah... Vai ser lindo. Eu tenho de arranjar uma babysitter para o Luke, o Dean anda com ciúmes. – perguntou Jennifer.

- Ahummm... Babysitter!? - disse Marissa.

- Yah. Porque o Dean não está para estar sempre em casa. Nós caçamos coisas evils, como sabes. Assim alguém ficava com o miúdo. E ele parava com os ciúmes do próprio filho. - diz Jennifer.

- Eu conheço alguém capacitada para isso! - disse Marissa.

- Quem? – perguntou Jennifer

Marissa e Summer olharam para Lindsey.

- A Lindsey? - pergunta Jennifer

- A Lindsey o quê!? - perguntou a própria Lindsey.

- Seres babysitter do Luke. - responde Jennifer

Lindsey faz uma cara.

- Não queres? - pergunta Jennifer.

- É por uma boa causa! - disse ela - pode ser!

- Obrigada! Agora toca tratar da partida. - diz Jennifer.

As raparigas trataram de sair daquele sitio, e foram para o quarto. Os rapazes estavam na piscina a falar.

- Elas devem estar a preparar alguma. - diz Luke.

- Tipo o quê!? - perguntou Ryan.

- É impressão vossa, ou não!? - perguntou Seth.

- Não é! Lembram-se da cena da cera no cabelo? Elas estavam assim aos segredinhos. - diz Luke.

- Ah pois era! - lembrava-se Seth - acredito a dor de uma rapariga para ficar esbelta! - sarcasticamente.

- Tenham calma! Elas não são capazes disso! - diz Dean

- Quem és tu para dizer isso!? - perguntou Ryan.

- Sim! - concordou Luke.

Seth deixou-se olhar com aquele seu arzinho do tipo : que se passa gente!?

- Calma! Não precisas de falar assim connosco! - diz Sam

Luke abanou a cabeça e voltou há água. Ryan deixou-se ficar a conversar com Seth.

- Mas o que elas vos fizeram? - perguntou Sam

- Muita coisa! - abriu Seth a boca.

- O que elas vos fizeram? - perguntou Dean

- Muita partida! - disse Ryan.

- Ok... mas contem ai algumas. - diz Sam

- Cera no cabelo! - respondeu Luke - por favor não me lembrem…

- Mais o que? - diz Dean.

- Bem, a cera no cabelo, ideia da Jenny. Ficámos sem calções uma vez que estávamos na casa do Seth foi a ideia da Buffy. Trancados no balneário das raparigas foi a ideia da Summer. Numa festa que a Marissa fez em casa dela, disse-nos que era de máscaras e nós fomos, e não era, foi obra da Lindsey. E a última foi na viagem de finalistas, estava decidido que íamos dormir com as nossas namoradas e no final dormimos todos no mesmo quarto duas noites seguidas trancados, obra da Marissa. O que sofremos com aquelas raparigas. As piores de todas é a Jenny e a Buffy. Ouviram o que ela disse, quando foi ver o quarto? Vamos sofrer. Vocês os dois já estão incluídos nessas partidas. O Eric também apanhou as partidas delas. O Jesse e o Johnny já se safaram. O Eric disse que chega amanha mais a Taylor de Inglaterra. – diz Ryan.

- Não pode ser! – diz Dean de boca aberta.

- Elas nunca fariam isso. – diz Sam concordando com o irmão.

- Podes acreditar que fizeram. – diz Luke.

- Dean, já sabes a Jenny é igual a ti. – diz Sam.

- Temos de ter cuidado. Elas estão juntas outra vez. – diz Ryan.

- Muito cuidado. – diz Seth.

Entretanto no quarto as meninas estavam a planear tudo para pregar mais uma partida aos rapazes. Mas de repente Jennifer lembrou-se.

- Assim temos de adiar a festa. Faltam o Eric e a Taylor. - diz Jennifer.

- Eles vêm quando!? - perguntou Buffy.

- Vêm amanha. - diz Marissa.

- Ah pois é! - disse Buffy, lembrando-se.

- Então fica adiada. - diz Summer.

- Eu estou para ver a cara dos rapazes. – diz Jennifer.

- O Dean e o Sam também estão incluídos, certo!? - perguntou Lindsey.

- Claro! Porque não haviam de estar? - diz Jennifer com aquele sorrisinho de mazinha.

Buffy aproxima-se de Jennifer, e faz o mesmo sorrisinho.

- Eles não escapam. - diz Jennifer.

- Ai pois não! - concordou Buffy, tirando uma estaca de trás.

Marissa e Summer riam-se e riam-se. Lindsey pensava em algo.

- Estás a pensar em quê, Lindsey? - pergunta Jennifer

- Estou aqui a ver que tipo de partida vamos pregar-lhes. - respondeu Lindsey

- Já sabes. Pegas! - diz Jennifer.

Dito 'Pegas' Summer olhou para Buffy e esta para a outra.

- Já sei! - gritaram as duas.

- Já sabem? - dizem as outras três.

- Sim! - disseram as duas em coro, olhando uma para a outra, calando-se de seguida.

- Então que vamos fazer? Eu quero ver a cara do Dean. - diz Jennifer.

- Acerca das Pegas! - começou Summer, interrompida por Buffy.

- Pensei em contratarmos umas Pegas mas travestis! - desabafou Buffy - estão a ver!? - perguntou inocentemente.

- Sim! Estou! - diz Jennifer.

- Vão telefonar. Nós vamos para baixo para eles não desconfiarem. - diz Marissa.

- É melhor! - concordou Lindsey.

Elas descem e vão ter com eles a piscina.

- Olá rapazes. - diz Marissa.

Eles olham para Marissa e Lindsey. Jennifer vai sentar-se a frente do Dean encostando as suas costas a frente do Dean.

- Já temos babysitter para o Luke. - diz Jennifer.

- Ai sim!? - disse Dean - Quem!? - perguntou.

- A Lindsey. - responde ela

- Onde está a Summer e a Buffy? - perguntou Ryan.

- Não sei! - respondeu Jennifer.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Qua Jan 30, 2008 2:28 pm

- Estão a tratar das cenas para a festa de amanha. Para comemorar a vossa vinda para Newport. - diz Marissa.

- Está bem. Mas contem ai coisas que tenham feito depois de saírem daqui de Newport. - diz Seth.

- Bem o habitual! - disse Jennifer.

- O habitual, priminha? - diz Luke.

- O que achas, priminho? - diz Jennifer.

- Hum... sal, cruzes!? - deitou ele a sorte.

- Claro. Matar vampiros, demónios… pode dizer-se que é o habitual da vida de um caçador. - diz Jennifer.

Entretanto chegam Buffy e Summer. Elas as duas vinham com um sorrisinho misterioso.

- Já preparam tudo para a festa? - pergunta Marissa.

- Já! - respondeu Buffy.

- A tua mãe e a Kirsten, organizam o resto! - informou Summer.

- Está bem. - diz Jennifer. - Desculpem, mas vou ver do Luke.

Jennifer levanta-se e Dean segue-a com o olhar. Sam levantou-se para ir ter com Buffy, mas ela já tinha virado costas e desaparecido com as outras raparigas. Quando estavam juntas... foram ao quarto do Luke e viram que ele continuava a dormir.

- Coitado do Sam... Não precisas de fazer aquilo a ele. – diz Jennifer.

- Fazer o quê!? - perguntou Buffy, confusa.

- Ele ia ter contigo e tu viraste-lhe as costas. - diz Marissa.

- Ai vinha!? - disse Buffy.

- Sim. - diz Lindsey.

- Ohh não reparei! - disse ela, com calma.

- Ok. Bem o que combinaram com as pegas? - diz Jennifer.

- Foi a Summer que falou! - informou Buffy.

- O que eles disseram? - pergunta Marissa.

- Amanhã eles chegam meia hora depois da festa começar! - respondeu Summer.

- Boa. Estou para ver a cara deles. - diz Jennifer.

- Vamos para o pé deles? - diz Lindsey.

- Vamos! - disse Buffy.

Jennifer volta para o mesmo local onde estava.

- O Luke continua a dormir ferrado. - diz Jennifer a Dean.

- Hummm! - murmurou Dean.

- Hummm... o quê? - pergunta Jennifer.

- Nada! - respondeu Dean.

- Estavas a pensar naquela bela camisa? - pergunta Jennifer

- Sim! - murmurou ele, novamente.

- Agradece as meninas. Foram elas que me ofereceram. - diz ela.

- Estou a ver! - disse Dean.

- Summer falaste com o pessoal para vir? - pergunta Jennifer. - Temos de ir ao bar esta noite.

- Já está tudo tratado! - respondeu Summer.

- Cool! Já tinha saudades disto tudo. - diz Jennifer.

- Vidinha sem fazer nada? - pergunta Luke.

- Mal posso esperar para voltar há minha Ninja! - fantasiou Buffy.

- E eu ao meu amorzinho. - diz Jennifer.

Buffy dirige-se para a porta da sala, e faz sinal ao Sam. Sam percebe, sorri e segue-a.

- Logo a noite visto a camisa, so para ti. - diz Jennifer ao ouvido do Dean.

Dean beijou-a em resposta. Cada rapariga foi ter com o seu rapaz.

- Bem, isso é que é paixão! - diz Seth.

- Ele é o homem da minha vida. - diz Jennifer. - Só pergunto, a Holly anda por aqui?

- Não! Ela deve estar algures entre Los Angels e Hollywood! - informou Seth.

- Deve estar ai no meio! - concordou Summer.

- Se eu a vejo a minha frente. - diz Jennifer.

- É assassinar a sangue frio! - riu-se Marissa.

- Ya! Depois o que ela fez a ti! Se me aparece a frente eu mato-a! - diz Jennifer. - E eu sou perita nisso!

Lindsey só se ria mais Summer.

- Mas o que essa Holly fez? - pergunta Dean.

- Simples. Antes de andar com o Ryan, andei com o Luke. Ele curtiu com a Holly. Depois ficámos todos amigos. Aparece o Johnny entretanto que mal conhece a Jenny apaixona-se por ela, mas ela sempre o viu como um amigo... e além disso ela deu imenso apoio a ele, quando ele teve um acidente. A Holly ao saber disso, quis vingar-se de mim... o que faz, diz ao Johnny que o Ryan andava comigo e ao mesmo tempo com a Jenny... Ele não gostou e bebeu demais, e caiu de uma falésia e foi para o hospital e não conseguiu resistir aos ferimentos e morreu. - diz Marissa tristemente. - E por isso que a Jenny odeia a Holly... e se a apanha por aqui, mata-a. Por isso, ela desapareceu de Newport com medo da Jenny.

- E verdade se a vejo a minha frente. - diz Jennifer. - Mato-a.

- A hum, mas ela está possuída!? - perguntou Dean, sarcasticamente.

- Que engraçadinho Dean Winchester. - diz Jennifer indo-se embora para a casa da piscina.

- Desculpem-me! - disse ele, saindo atrás dela.

Jennifer está na casa da piscina a ver o que estava la dentro quando Dean entrou.

- Jenny!? - chamou Dean.

Jennifer não respondeu. Estava sentada na cama, estava emersa nos seus pensamentos que nem deu por ele entrar.

- Jenny!? - chamou ele novamente.

Ela continuava sem responder. Dean aproximou-se dela, e tocou-lhe no ombro.

- Han? Desculpa. Estava a pensar. - diz Jennifer.

- Estás chateada!? - perguntou Dean.

- Não se passa nada. - diz ela a sorrir. – Porquê?

- Hummm... - murmurou ele.

- O que foi? - perguntou ela.

- É que saíste logo dali! - disse ele, com uma cara.

- E que aquela Holly... odeia-me, e por causa disso, o meu melhor amigo morreu, ia perdendo a amizade da Marissa, e por isso odeio-a. Se ela me visse contigo, ela ia já fazer alguma coisa. - diz ela.

- Ahh já percebi! - disse Dean - ela é uma dessas cabras que por ai andam! - fazendo-se luz.

- Claro. - diz ela.

Jennifer levanta-se e decide ir ver o resto da casa da piscina.

- Então esta é a famosa casa-da-piscina!? - olhou Dean, em volta.

- É. São todas assim. - diz Jennifer.

- Tem tudo!? - perguntou ele, olhando para uma porta.

- Sim, têm tudo. - diz Jennifer.

Dean atirou-se para cima da cama.

- Dean, o que estás a fazer? - diz ela fechando a porta da casa da piscina.

Dean tinha fechado os olhos. Jennifer chega-se ao pé dele. Dean não se movia.

- Tinha de ser. Já está a dormir. - diz ela a rir.

Jennifer aproximou-se dele, mas foi agarrada e ficou em cima dele.

- Ai não estou não! - disse ele abrindo os olhos.

Dean moveu-se, e ficou em cima dela.

- Tu muito gostas de me enganar. - diz ela.

- Pois gosto. Nesta situação, adoro. – diz ele beijando-a.

Jennifer deixa-se levar pelo beijos dele até que houve a voz do pequeno Luke ao pé da piscina a perguntar por eles.

- O Luke acordou e está a chamar por nós. Está na piscina. – diz Jennifer.

- Está? Bem vamos ver o que ele quer! – diz Dean levantando-se.

Jennifer e Dean saíram da casa da piscina e Luke viu-os e foi a correr até à mãe… e saltou para o colo dela fazendo com que ela quase caísse para o chão, isso só não aconteceu pois Dean estava atrás dela.

- Que foi, amor? – perguntou Jennifer.

- Tenho fome. – diz o pequeno Luke.

- Está bem. Vou fazer-te o comer. Dean, também queres comer alguma coisa? – pergunta Jennifer.

- Pode ser. – diz Dean.

Assim, eles saíram e foram à cozinha. Nesse momento aparecem a Buffy e o Sam vindos do quarto dela. E viram os outros a comentar sobre o casalinho e o seu rebento.

- Eles são tão giros! – diz Lindsey.

- O miúdo é tão engraçado. – diz Marissa.

- É mesmo parecido com o pai. – diz Summer.

- Vocês ficaram encantadas com o puto. – diz Seth.

- O puto para aqui, o puto para ali. – diz Ryan.

- É engraçado, tem o mesmo nome que eu. – diz Luke.

Buffy e Sam ao ouvirem aquilo olham um para o outro, e desatam a rir.

- Rapazes, vocês estão com ciúmes? – pergunta Buffy a rir-se.

- Não! – disseram os três ao mesmo tempo.

Nesse momento aparece Jennifer com Dean e mais Luke. Luke vinha com uma sandes de fiambre na mão e um iogurte enquanto Dean trazia uma cerveja para ele, e mais quatro para os outros.

- Trouxe para vocês. – diz ele dando aos outros.

Jennifer sentou-se nas cadeiras da piscina ao lado do Luke, o seu primo, e ficou a observar o pequeno Luke a beira da piscina a comer. Enquanto Dean se sentou do outro lado, ao lado dela.

- Priminha, porquê que deste o meu nome ao teu puto? – pergunta Luke.

- Foi o nosso acordo, lembraste? – pergunta ela.

Todos olham para eles os dois. Dean estava com cara de parvo a olhar para aqueles dois. Sam olhou para Buffy.

- Pois foi! Já me esquecia dele. – diz Luke.

- Agora faltas tu. – diz Jennifer.

- Eu sei. Mas tens de esperar. – diz Luke.

- Ok! Espero o tempo que for preciso. – diz Jennifer.

Os outros não estavam a perceber nada, por isso Jennifer decide contar que acordo é aquele.

- Eu e o Luke fizemos um acordo. Ele quando tiver uma filha dá-lhe o meu nome e eu quando tivesse um filho dava-lhe o nome dele. E também que não casávamos. Ele não nos pega a seca do casamento, e eu faço o mesmo. Não pego a ninguém a seca do casamento. – diz Jennifer a rir-se.

- E agora falto eu cumprir a parte do acordo. – diz Luke.

Dean olha para ela com cara de parvo, pois nunca pensou que Jennifer fizesse um acordo desses. O pessoal fica de boca aberta quando eles acabam de contar o acordo. E depois Buffy desata-se a rir.

- Pelos vistos não sou a única a ter traumas. Pelos vistos a minha irmãzinha também os tem. – diz Buffy a rir-se.

- Mas tu tens o trauma de ficares grávida, pelo contrário, acho que casar não significa que eu amo mais essa pessoa só por casar com ela e por usar uma aliança no dedo anelar esquerdo. E além disso, a vida que temos não dá para isso. E não é trauma nenhum de não querer casar. – diz Jennifer.

- Nisso a Jenny tem razão. – diz Marissa.

- Pois tem. – diz Summer.

- Mas isso não fica bem a nós judeus. – diz Seth.

- Cala-te com isso, Seth. – diz Ryan.

- Tenho de concordar com a Jenny. – diz Lindsey.

Jennifer repara na cara do Dean…

- Dean, o que se passa? – pergunta ela.

- Nada. – diz ele bebendo mais um gole da cerveja.

- Sabes maninha num casamento podes usar ou não aliança! - avisou Buffy - é uma coisa ao critério do individuo nessa situação! - tentou ela, correr a defesa de Dean. (muito querida está ela -.-')

- Não sei. Eu fiz o acordo com o Luke, não posso quebrá-lo.

- Bullshit! - murmurou Buffy - Se Maomé mandasse atirar de um arranha céus, Jennifer Turner cumpriria! - explicou Buffy, picando-a.

Seth olhou para ela.

- A que propósito Maomé é chamado para a conversa!? - perguntou Seth.

- Propósito nenhum! - esclareceu Buffy.

- Ok! Pronto. Eu cancelo o acordo. - diz Jennifer.

Dean levantou a cabeça, com um brilho nos olhos.

- Mas pelo o menos deixem estar os nomes! - pediu Buffy - Dá um gozo ver isso dos nomes! - riu-se ela.

Havia um silencio total na piscina, e olhos postos em cima de Buffy.

- Cala-te! - diz Jennifer.

- Mãe, dá-me um mano ou uma mana. - diz Luke do nada.

Jennifer estava a ficar farta daquilo tudo, então decide ir-se embora para a sala, mas a meio caminho, passa por Buffy, e larga um sorriso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Qua Jan 30, 2008 2:28 pm

- Qual é o motivo de tanto sorriso!? - perguntou Buffy.

Jennifer mudou de expressão, e empurrou-a, fazendo estrondo na agua.

- Para a próxima cala-te. - diz ela.

- Boa priminha! - felicitou Luke.

Buffy olhou para Sam, Dean, Ryan, Summer, Marissa, Lindsey e Seth.

- Vou buscar mais uma cerveja! - disse Sam, virando costas.

Buffy ficou com uma cara. Toda a gente abandonou o local, excepto Seth que ajudou a pobre coitada, defensora dos matrimónios e não gravidez, a sair a água. Jennifer estava a subir as escadas.

- Luke anda comigo. - diz Jennifer.

Luke Júnior foi ter com a mãe, ao mesmo tempo que o priminho das Turners.

- Sorry, priminho, mas eu chamei o meu puto. - diz ela subindo as escadas em direcção ao quarto. - Está na hora de dormires.

Dean levanta-se do sofá, e vai atrás de Jennifer e de Luke. Jennifer entra no quarto do Luke e ele deita-se e adormece logo pois estava a cansado. E sai do quarto e vai em direcção ao quarto dela e entra na casa de banho e liga o chuveiro. Entretanto Dean tinha-se deitado na cama. Ouvia as reclamações do outro lado do corredor.

- Eles vão ver! Ai vão! - resmungava alguém, deixando água pelo caminho.

Uma porta bateu-se, e o som de uma guitarra eléctrica começou a soar pela casa. Jennifer sai da casa de banho enrolada numa toalha e vai em direcção ao armário para escolher uma roupa com o Dean a olhar para ela.

- Quando é que a Buffy vai partir uma corda!? - perguntou ele.

- Não sei. - disse ela tirando um soutien e vestindo-o e também um fio dental.

Depois escolheu umas calças justas e um top sem alças. E depois vestiu-se, e olhou para ele.

- Que passa? - pergunta ela.

- Podemos ir dar uma volta!? - perguntou ele - ver os arredores!?

Jennifer olhou para ele.

- Claro. Anda. - diz ela, indo buscar um casaco.

Dean levanta-se para ir buscar o seu blusão. Eles descem... Os outros vêem-nos.

- Lindsey, tomas conta do Luke ate nos virmos? Ele esta a dormir. - diz Jennifer.

- Onde queres ir? - pergunta Jennifer.

- Praia!? - disse ele, cheirando o ar.

- Ok. Vai por aqui. - diz ela.

- É aqui a praia. - diz ela.

Dean pega em Jennifer ao colo, e corre para a areia. Os dois ficam a rir-se e a rebolar, até que adormecem a olhar para as estrelas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DarkAngel
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 224
Data de inscrição : 14/01/2008
Idade : 30
Localização : Supernatural Land? Vá...Azeitão

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Qui Jan 31, 2008 10:31 am

A partir de agora vais levar com os meus coments pois já apareceu a parte de onde me fiquei no forum do Sn...

Para não estar a fazer quotes, pois foi muito o que li... apenas digo que curti bués!

Sim, a cena de a Jenny ter o bebé e ir logo po motel, sem a deixarem descansar e depois logo coiso e tal com o Dean .... Suspect

Curti molhos da primalhada toda e das meninas travessas, que juntas ainda são piores! Aiai..


Keep posting! Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Qui Jan 31, 2008 3:15 pm

Inda bem k gostaste!!!!
Mais logo posto mais um capitulo!!!!
Sabes como e o dean... so ker akilo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Sex Fev 01, 2008 4:05 pm

Capitulo 20

Na manhã seguinte, Jennifer e Dean acordaram e voltaram para a mansão. E encontram as meninas todas atarefadas nos preparativos da festa, quando tocam a campanhia. Foram abrir a porta e dão de caras com o Eric e com a Taylor.

- Taylor? Eric? - pergunta Jennifer.

- Jenny? Boo? - pergunta Taylor.

E dão os quatro um grande abraço.

- Finalmente! - disse Buffy.

- Já tínhamos saudades vossas. - diz Taylor.

Os rapazes surgiram da piscina.

- Eric! - gritaram eles.

- Taylor vem connosco! - murmurou Summer.

- Dean vê do nosso puto. Que nós ja vimos. - diz Jennifer.

- Está bem! - disse ele.

As meninas subiram para o quarto de Jennifer. Lindsey, Marissa e Summer já lá estavam.

- Entra. Meninas expliquem ai o plano à Taylor. - diz Jennifer.

- Então é assim! Durante a festa os rapazes vão apanhar mais uma daquelas partidas - avisou Summer, mordendo o lábio.

- A Boo teve a ideia de contratarmos umas pegas, mas travestis - disse Lindsey.

- Estás a ver!? - perguntou Buffy, rindo-se.

- Lindo. - diz Taylor a rir-se.

- Bela forma de regressar! - disse Jennifer.

- Exactamente. - diz Summer.

- Vamos embora antes que eles desconfiem. – diz Marissa.

As meninas descem as escadas e vão em direcção a piscina pois e onde os rapazes estão. Jennifer vai ter com o Dean e com o Luke, enquanto as outras vão ter com os seus meninos. Jennifer senta-se em frente de Dean, encostando as costas ao peito dele enquanto Luke ficou sentado ao pé da piscina a brincar.

- As cenas da festa estão todas preparadas? – pergunta Jennifer.

- Sim, está tudo. – diz Marissa.

- Vai ser de arromba. – diz Buffy.

- Convidaram o resto do pessoal? – pergunta Jennifer.

- Claro - disse Summer, a correr com algumas coisas nos braços.

- Summer queres ajuda? - pergunta Jennifer.

- A hum!? - disse ela, no outro lado - Não! - e em seguida choca com Taylor, deixando cair as tralhas.

- Seth, o Luke pode ficar na tua casa, enquanto damos a festa? - pergunta Jennifer.

- Claro Jenny! A minha mãe é um doce - autorizou Seth, com aquele seu ar próprio.

- Jenny, afinal quero ajuda! - pedia Summer, levantando-se com a mão no cu.

- Ok. Vamos lá. - diz Jennifer a ir ter com ela.

Jennifer ajuda Summer a apanhar as coisas novamente e vão para a cozinha tratar do resto das coisas. Buffy, Marissa e Taylor, juntamente com Luke e Eric, tratavam do som. Ryan e Seth ajudavam com a comida. E Dean... hum.. o Dean ajudava a comer a comida! Jennifer e Summer estavam a fazer as sandes. E Dean esperto tirava uma sandes cada vez que cada uma metia uma sandes no prato. Sam que por acaso por lá passava para por a comida nas mesas, reparou no Dean.

- Dean, o que pensas que estás a fazer!? - perguntou Sam.

- A ajudar. - diz ele passando a sandes ao Luke.

- Eu e o pai estamos a ajudar. - diz o Luke.

Jennifer e Summer olham para trás.

- Dean e Luke Winchester!!!! - grita Jennifer. - vão para a rua agora.

- Estamos a fazer as coisas da festa. - diz Summer.

Dean faz um pequenino beicinho.

- Está bem. Eu logo a noite dou-te tudo o que quiseres. Mas vai ajudar os outros. - diz Jennifer.

Dean muda de expressão, pega no prato das sandes e leva para as mesas na piscina.

- Ele mudou logo de expressão quando disseste aquilo de fazeres tudo o que ele quiser. - diz Summer admirada.

- Fazes tudo o que ele quiser? O que coisas são essas? - pergunta Seth.

Jennifer olhou para ele.

- Prefiro não te responder! - respondeu ela.

- Porque? Tens vergonha? - pergunta novamente Seth.

Jennifer continuou a preparar a comida, com o coro de risinhos da Summer.

- Summer pára. - diz ela envergonhada.

- Bem me parecia! - voltou ele a falar.

- Bem te parecia o que, Seth? - pergunta o Ryan.

- Mais pesadelos! - murmurou Jennifer - logo há noite vão vê-las, eu vou adorar ver isso. - murmurando ainda.

E continuaram a preparar a comida... enquanto isso na piscina...

- No que posso ajudar? - pergunta Dean.

- Nada! - disse Buffy, colocando mais um monte de CD’s no material para o suposto Dj.

Dean virou-se e foi ver mais sítios. Entretanto fica tudo pronto e as meninas vão-se vestir para o quarto de Jennifer pois estava quase na hora da festa. Tinha aparecido lá 6 cabeleireiros para as meninas, e mais algumas maquilhadoras. Buffy cortou metade do seu cabelo, fazendo franja e alguns caracóis. Marissa tinha escadiado mais uma franjinha acompanhar. Summer tinha apenas encaracolado o cabelo. Jennifer tinha esticado e aclarado um pouco o cabelo. Lindsey tinha preferido prende-lo, e Taylor usado solto como normalmente usava. Buffy usava umas jeans a punk (mesmo justas) com alguns rasgos, e um top com uma gravata aos corações, e os seus vans de eleição. Marissa e Summer usavam uns mini-calções de ganga, e uns tops fofos. Jennifer preferiu as suas mini-saias, mais um top, e um mini colete, com um lacinho aos corações. Lindsey e Taylor estavam com uns vestidos casuais. Ao fim de estarem prontas, desceram e deixarem os rapazes de boca aberta com a belezas das suas meninas. Buffy vinha com uma guitarra eléctrica toda poderosa.

- Para que a guitarra!? - perguntou Luke.

- É a minha mala! - informou Buffy.

Dean estava todo babado a olhar para Jennifer.

- Vamos? - perguntou ao pessoal.

As meninas deram um sorriso, diferente dos habitual, e foram ter com o resto dos convidados. Passa meia hora quando tocam a campanhia.

- Prontas? - murmura Jennifer para elas.

De repente aparecem uma data de loiras com silicone. Os sentidos dos rapazes ficam logo em alerta. Buffy e as restantes partiram-se a rir, e para não darem nas vistas, foram para o meio da festa. E ficaram a observar tudo. Buffy, Marissa, Summer, Taylor, Lindsey estavam a dançar, enquanto que Jennifer cantava.

- Mas quem são aquelas!? – perguntou Seth, observando as perninhas das esculturas.

Haley que tinha parecido há última da hora, só abanava a cabeça.

- Mais pegas! - resmungava ela.

- Ai meninas, preciso de uma pausa! - disse Summer.

- Eu vou buscar as nossas bebidas! - disse Buffy, puxando Marissa.

- Vamos ate a piscina. - disse Jennifer levando Summer com ela.

Enquanto isso, os rapazes estavam a babar-se pelas loiras de silicone a dançarem no palco. Ouvia-se uma música muito suave de fundo. Enquanto as meninas viam os rapazes a babarem por aquelas ‘pegas’. Até que elas começam a fazer striptease. Buffy e Marissa regressavam com as bebidas especiais para as amigas.

- O show vai começar! - avisou Jennifer, com um olhar maligno.

Buffy e Summer deram um golo enorme, ficando com um enorme calor.

- Eles estão quase a... - olhava Lindsey, quase aos saltinhos.

Dean e os restantes rapazes olharam para o lado para ver se as suas meninas estavam por perto, mas como não as viam, continuaram a aventura. Dean como era muito, mas muito inteligente, decidiu passar as mãos por baixo do peito, até que por descuido, qualquer coisa rebenta. Com os outros começaram acontecer coisas muito estranhas. Buffy ia cuspindo a bebida de tanto tentar não rir com a situação

- Parece que a verdade... - começou Taylor.

- … acabou de ser... - continuando Marissa.

- Revelada!? - perguntou Summer, com um ar de gozo.

Nos lados dos acontecimentos, as coisas estavam agoniar.

- Mas… mas tu… tu... - gaguejava Dean.

A loira que estava a sua frente, começou a olhar para ele.

- Mas tu tens pelos! - observou Seth.

- Tu... tu... - gaguejava Luke também.

- Mas não... - seguia Eric.

- Não acredito nisto! - dizia Ryan, pálido.

- Tu és homem! - disse Sam, bastante chocado.

- Então qual é o mal!? - perguntou uma das loiras.

- Continuamos a ser giras, não!? - perguntou outra.

- Vocês são travestis! - descobriu Dean, depois de se recuperar - Vocês metem-me... ahum… nojo!

E depois reparam que as meninas estão no palco a rirem-se que nem umas perdidas. Buffy e Jennifer deixaram o copos caírem, de tanto se rirem. Summer que tinha fotografado o momento, e Taylor o filmado...

- Então meninos gostaram da companhia!? - perguntou Lindsey.

- Sorriem! - disse Jennifer.

- Eu não disse? - disse Luke. - Elas ontem andavam nos segredinhos.

Elas continuavam a rir que nem umas perdidas. Buffy saltou do palco a dançar feita doida, a rir-se.

- Ohhh eu continuo a ser boa!? - dizia Buffy, imitando uma das loiras contratadas.

Jennifer salta do palco e vai ter com Buffy a fazer o mesmo que ela. As outras fazem o mesmo. Os rapazes continuam pálidos e sérios.

- Vamos embora!? - perguntou Sam.

- Também acho! - disse Ryan.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Sex Fev 01, 2008 4:06 pm

- O ambiente pesou! - desabafou Seth, traumatizado, coitado!

De repente aparece uma rapariga loira, que Jennifer odiava. Dean estava pronto para se virar, quando choca contra alguém. Dean olhou de baixo a cima há figura loira.

- Também és outro dos travestis!? - perguntou ele, mal educadamente.

- Não! Sou uma rapariga a sério. - diz ela.

- Posso..!? - perguntou ele, querendo tocar na zona, para confirmar.

A rapariga sorriu, e Dean preparava-se para examinar a zona quando..

- O que pensas que estás a fazer Dean Winchester!? - gritou Jennifer, puxando-o por trás.

- Ia examinar... ahum... - começou Dean, atrapalhado.

A rapariga ao ver Jennifer mudou de expressão.

- Oh sua grande Cabra! - refilou Jennifer, zangada.

Marissa, Summer, Buffy, Taylor e Lindsey apareceram.

- Holly!? - olhou Summer.

- Olha se não é a cabra da minha melhor amiga! - esclareceu Marissa.

- O que estás aqui a fazer? - pergunta Jennifer.

- Desde quando é que te tenho de dar qualquer tipo de justificações!? Diz lá! - perguntou Holly, tentando recompor-se.

- Que eu saiba minha grande... - meteu-se Buffy, impedida de continuar pela mão da Taylor na boca dela, travando o resto da frase.

- Desaparece daqui! Não és bem-vinda. Por tua causa o Johnny morreu. Desaparece. - diz Jennifer fula.

- O Johnny morreu por irresponsabilidade dele - corrigiu Holly, levantando um dedo.

- Hey pega! - voltou Buffy a conversa, desta vez afastada de mãos - primeiro estás na minha casa, segundo não gosto de pegas, terceiro não gosto de ti, quarto esta festa não e para a tua presença e quinta era a paz de te partir já essa carinha horrível! - ameaçou Buffy.

Jennifer puxou Buffy para trás, e conclui ela as palavras de Buffy.

- Desaparece. - diz Jennifer dando-lhe um murro.

- Depois eu é que sou a cabra! - disse Holly, levando a mão há boca.

- Tu não sabes com quem te meteste! - diz Jennifer.

Holly ofendida parte para a pancada também.

- Esta é que é a cabra da Holly!? - perguntou Dean, confuso - pensei que fosse mais alta!

Buffy abanou a cabeça.

- Posso me juntar!? - perguntou Summer.

- Não! - diz Jennifer. - Isto é comigo e com ela.

E de seguida Summer leva um empurrão. Holly puxava-lhe cabelos. Jennifer dava-lhe estalos e murros.

- Assim não vão lá! - informou Buffy, pegando noutra bebida.

De repente Holly cai na piscina.

- Boo aconselho-te a por quilos de cloro para desinfectar a piscina de pegas! Pois podes ficar com ela estragada. - disse Seth, bebendo também daquelas bebidas.

- Isso é de quê!? - perguntou Luke.

- Qualquer coisa chamada.. ahum.. como era!? - perguntou Summer.

- Purple Niple!? - sugeriu Buffy

- É isso! - disse Summer, esticando um copo ao Luke.

Jennifer estava a beira da piscina.

- Nunca mais apareças aqui. - diz Jennifer.

Jennifer virou costas para ir embora,, mas Holly agarra em Jennifer, e tenta afoga-la.

- Agora é que não fico a ver! - disse Buffy, saltando para a agua.

Buffy dá uma enorme mordidela no braço de Holly, seguido de um enorme murro (lembrem-se extra força), e esta cai para trás, soltando Jennifer debaixo de água. Jennifer aparece a superfície e Dean ajuda a sair da piscina. Buffy agarra em Holly sem forças, e atira-a para fora da piscina, saindo de seguida e continuando a espanca-la. Jennifer vai ter com ela, e agarra na Buffy.

- Deixa-a. Já teve o que merece. – diz Jennifer.

Buffy levanta-se e recompõe a forma.

- Estragaste-me a roupa sabes!? - refilou Buffy, virando costas, a escorrer água.

- Tirem-na daqui. - diz Jennifer aos seguranças, ao mesmo tempo que ia ter com os outros.

Chegam ao pé dos outros. Jennifer tinha o braço todo arranhado.

- Bela noite! - comentou Sam.

- Ai o meu braço. - diz Jennifer.

- Mete álcool! - sugeriu Buffy, dando-lhe um copo com a bebida roxa - Vou dançar - saindo dali.

- E eu vou cantar. - saindo de ao pé deles, indo meter-se no palco a cantar.

Jennifer ficou a cantar, acompanhada de Buffy, Marissa e Summer a dançarem. Lindsey e Taylor ficaram com os rapazes a conversarem e a gozarem com eles sobre a cena das loiras. Mas alguém não conhecido observava o grupo do palco. Eles acabam de dançar e de cantar, e vão ter com os rapazes.

- E o que dizem sobre a nossa partida? - pergunta Jennifer.

O fundo de risadas cessa, para um silêncio terrível.

- Pronto. Já não está cá quem falou. - diz Jennifer.

Até que dois homens se aproximam deles. Estavam com fato e gravata.

- Boa noite! - disse o mais alto.

As raparigas começaram logo a deitar olhinhos, os dois sujeitos até nem eram mau de todos.

- Boa noite, podemos ajudar em alguma coisa!? - perguntou Buffy, educadamente.

- Sim. - diz o outro.

- Em que? - pergunta Jennifer.

- Bem estivemos observar-vos! - começou o mais alto.

- Jennifer e Buffy Turner, certo!? - perguntou o baixo.

- Sim, somos nós. - responde Jennifer.

Então os dois estenderam um cartãozinho com uns contactos.

- Somos coreógrafos da Academia All Star aqui de Newport Beach, na California. - informou o alto.

As meninas de OC olharam-se.

- A famosa academia que abriu há 1 ano!? - disse Summer - Oh meu deus!

Jennifer e Buffy continuavam com a mesma expressão.

- E estão interessados... - diz Jennifer.

- ... em nós? - completou Buffy.

Os dois sujeitos soltaram um sorriso.

- Estivemos a observar-vos, como já referi! - informou novamente o alto.

- Perguntamos ali a uns conhecidos vossos e disseram-nos o vosso nome! - disse o outro.

- E quando podemos dar a resposta? - pergunta Jennifer.

- Uma semana é o prazo! Senão tivermos qualquer tipo de resposta, procuraremos outras pessoas!

Elas olham uma para a outra.

- Aceitamos! - dizem logo as duas ao mesmo tempo.

Os rapazes e as outras meninas ficam a olhar para as duas.

- Quando nos apresentamos na Academia? - pergunta Jennifer.

Buffy colou-se mais.

- Apresentem-se daqui a duas semanas. - responde um rapaz alto.

Dizem adeus e retiram-se da festa.

- Bem, eu vou ao quarto. - diz Jennifer.

Summer e restantes começaram a despachar as pessoas da casa.

- Há amanhã vai ser um longo dia! - disse Buffy, agora com tédio, toda despenteada e suja, da luta.

Jennifer entra no quarto e começa a despir a roupa molhada até que alguém entra no quarto. Dean fecha a porta. Jennifer assusta-se com a porta a fechar. E ao virar-se para trás e dá de caras com o Dean.

- Que susto! - disse Jennifer, saltando.

Dean aproxima-se dela. Jennifer respira fundo e volta ao estado normal. E vai ao armário para tirar outra roupa quando Dean a agarra e puxa-a para si começa a beija-la. Jennifer não tenta resistir e continua. E caem os dois na cama.

- É melhor ir chamar a loira! - murmurou Jennifer entre os beijos.

- Hey! Tu és a minha loira! - diz ele.

- Desculpa eu sou morena! - corrigiu ela.

- És a minha loira, morena, ruiva, tudo! - diz ela.

Jennifer beijava-o mas com uma expressão.

- Sou tudo isso? - diz levantando-se para ir vomitar.

Jennifer entre na casa de banho e finge estar a vomitar. Jennifer volta para o quarto...

- Podemos voltar onde estávamos? - perguntou ela

Dean simplesmente sorriu.

-------------
Comentem!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DarkAngel
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 224
Data de inscrição : 14/01/2008
Idade : 30
Localização : Supernatural Land? Vá...Azeitão

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Qua Fev 06, 2008 8:16 pm

Gostei Wink

Mas a Jenny levantou-se para ir vomitar e depois diz que ela estava a fingir? looool...

Quero mais...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Qui Fev 07, 2008 3:29 pm

Pois... pk ele tava a dizer k ela era a loira, ruiva e morena dele... misturas...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Sab Fev 09, 2008 7:51 am

Capitulo 21

Era de manhã e estavam todos a tomar o pequeno-almoço...

- Ai que dor de cabeça! - disse Buffy.

- A quem o dizes. - diz Jennifer.

- Porque tão assim elas, pai? - perguntou Luke.

- Não queiras saber! - riu-se Dean.

- Tenho saudades de andar a caçar! - diz Jennifer.

- Também eu! – diz Sam.

- Bem malta! - começou Ryan - as coisas por aqui não são as mais calmas!

- Como assim? - pergunta Dean.

- Não têm visto as noticias!? - perguntou Lindsey.

- Não! - respondeu Buffy, com a mão na cabeça.

- Até eu estou mais informada - disse Taylor.

- O que se passa? - pergunta Jennifer.

- Há dois meses, que têm morrido surfistas aqui em Newport Beach - disse Marissa.

- Têm? Nós temos andado na caça, não vemos noticias! - diz Sam.

- Pois! - riu-se Eric.

- Expliquem mais ou menos o que sabem! - pediu Jennifer.

- Bem a policia e isso tudo tem estado sempre de vigia na praia. Já mergulharam nas águas, e nada de mal. Só que nas autopsias havia sempre umas marcas esquisitas nos corpos! - esclareceu Luke.

- Ok. Precisamos de ir ao local do crime e arranjar as fotos da autopsia. Eu e o Dean tratamos das fotos. Sam e Buffy tratem de ver as coisas na praia, analisem tudo o que acharem estranho. - diz Jennifer.

- Aiiii a praia! - disse Buffy, recuperando logo da ressaca.

- Então toca a preparar as cenas. Luke tu ficas em casa com a Lindsey. - diz Jennifer.

- Mãeee! - começou Luke - também quero ir!

- Não tens idade! - diz Jennifer.

Luke corre para Dean.

- Pai deixa-me ir!? - pediu ele.

- Não. Ainda és muito novo. - diz Dean.

Luke amua e vai para o sofá. Jennifer que entretanto descia do andar de cima com as coisas preparadas para irem tratar do caso.

- Vamos? - diz ela.

- Vamos lá! - disse Buffy, pegando na mala dela.

- Também podemos ir!? - perguntou Summer.

- Não sei. O que acham? - diz Jennifer olhando para os rapazes.

- Aproveito e vou ver a Summer! - disse Seth.

Jennifer, Buffy, Dean e Sam olham para ele.

- Que foi!?

- Summer!? - disse Sam.

- Sim, a Summer Breeze! - esclareceu Seth.

- O barquinho dele! - riu-se Summer.

- Ok. Venham. Mas o Luke fica da vossa responsabilidade. - diz Jennifer.

E o pessoal sorriu, seguindo-os até à saída. Jennifer e Dean entram no Impala, e os outros entram dentro dos outros carros. O impala dirige ao hospital e os outros vão para a praia.

- Preferia ir na minha Ninja! - refilou Buffy no jipe da Marissa.

Entretanto eles chegam à praia.

- Passa-se alguma coisa de errado com o mar!? - perguntou Buffy, olhando para o azul - Não vejo nada de estranho!

- Não sei. - diz Marissa.

- Tia Buffy, posso ir água? - diz o Luke Júnior

- Não! - disseram todos em coro.

- Porque? - diz ele

- Porque é perigoso para uma criança com a tua idade! - explicou Summer.

- Mas eu quero, quero, quero ir! - diz Luke.

- Luke não vais! - disse Buffy, voltando a por dentro do carro - Lindsey fica aqui com ele!

- Má! - diz ele e começa a chorar.

Entretanto Dean e Jennifer chegaram ao hospital, saíram...

- Como vamos fazer para conseguir as fotografias da autopsia? - pergunta Jennifer.

- Fácil! - sorriu Dean, tirando um cartão da carteira.

- Vamos. - diz ela.

Eles entram no hospital e dirigem-se a empregada que estava ao balcão.

- Bom dia. Em que posso ajudá-los? - diz a empregada que estava ao balcão ao mesmo tempo que fazia olhinhos ao Dean.

- Bom dia Miss ... ahum... - dizia Dean, lendo o nome dela no fato - Nancy! - olhando para ela.

- O que desejam? - perguntou ela novamente.

- Sou o agente Scully - apresentou-se Dean, mostrando o seu distintivo da FBI - e esta é a minha colega Suze!

- Estamos aqui num trabalho de investigação! - meteu-se Jennifer.

- Precisamos das fotos das autopsias dos surfistas que morreram nas praias de Newport nos últimos dois meses! - informou Dean.

- É para já! - disse a empregada a piscar o olho ao Dean.

- Vez é fácil! - sussurrou ele, a Jennifer.

- Pois! Fácil! - disse Jennifer sarcasticamente.

A empregadazinha do balcão levanta-se, e leva-os a uma sala de arquivos.

- Aqui está! Fiquem a vontade. - diz ela retirando-se.

Dean sorriu para a loiraça da empregada.

- Hum.. a loira da empregada! - cantarolou Jennifer, num tom de gozo.

Dean começou a lembrar-se das loiras da festa e mudou logo de expressão.

- Vamos ao trabalho Jenny! - disse Dean, entrando na sala apressado.

- Vamos. - diz ela indo atrás dele.

Começaram a procurar as coisas nos arquivos com Dean a deitar o olho para a Jennifer.

- Dean Winchester é para trabalhar, não é para olhares para mim! - disse Jennifer.

- Sim, sim - disse ele, passando umas pastas - Encontrei!

- Deixa ver. - diz ela aproximando-se dele.

Jennifer aproxima-se de Dean para ver as fotografias. Dean dá-lhe a pasta das fotos dos surfistas.

- Que marcas serão estas? - pergunta Jennifer.

Dean começa a olhar para o decote do top de Jennifer e começa a babar-se. Não há sinal de vida por parte de Dean.

- Dean!? - chamou ela, analisando as fotos.

- Sim, amor. - diz ele ainda a olhar para o decote.

- Que marcas são estas!? - repetiu ela.

Dean nem responde.

- Aii precisávamos do Sam! - disse ele, levantando os olhos – Mas deve ter alguma coisa relacionada com algum espírito da água!

- Está bem. Vamos para casa e lá esperamos por eles. - diz Jennifer. - Ou vamos ter com eles a praia?

- Casa! - respondeu ele, imediatamente.

- Casa? Ok. Vamos. - diz Jennifer.

E saíram os dois daquela sala. Quando passavam os corredores, ouviram-se umas vozes e uns passos pesados atrás deles. Dean e Jennifer viram-se.

- Quem são vocês!? - perguntou o preto.

- Agente Scully, FBI! - respondeu Dean, tirando o distintivo.

- O FBI não tem jurisdição aqui! - respondeu o branco.

- Vamos pirar-nos daqui! - disse Jennifer.

Dean agarra na mão de Jennifer, e começam a correr. Os dois seguranças perseguiram-nos. Até que eles saem do hospital e metem-se dentro do carro e Dean arranca.

- Por pouco! - disse ele, olhando para trás.

- Ya. Vamos embora. - diz Jennifer.

Dirigem-se para casa quando o telemóvel de Jennifer começa a tocar.

- Sim? - pergunta ela.

- Jenny! - disse Lindsey do outro lado.

- Diz Lindsey. - diz Jennifer.

- Podes vir aqui há praia!? - perguntou ela - O Luke já está aqui há meia hora a chorar porque a Buffy disse que ele não podia ir para a água!

- E fez muito bem não o deixar ir a água. Eu vou ter ai. Mas primeiro passamos por casa. - diz Jennifer.

- Ok, até já! - desligou Lindsey.

- Até já. - diz Jennifer desligando. - O teu filho anda a fazer birra porque a Buffy não o deixou ir a água.

- Ahh! - murmurou ele.

- Vou ver o que o miúdo tem mas primeiro vamos a casa. - diz ela.

Dean continuou a conduzir em direcção a casa. Chegam a casa... Dean e Jennifer entram.

- Bem vou ver o que o Luke tem. - diz ela chateada

- Espera ai! - disse Dean, seguindo-a, pelo passeio.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Sab Fev 09, 2008 7:52 am

- Também vens? - diz ela.

- Eu vou tratar do meu amor! - disse ele, dando-lhe um beijo.

- Tratar do teu amor? Tinha de ser aquele carro. - diz ela.

- Está a precisar de travões novos! - riu-se ele.

- E eu a pensar que era eu! - diz ela desapontada.

Dean abraça-a, e beija-a.

- Olha para o estado do carro! - disse Dean.

O Impala já estava a precisar de um bom banho e limpeza, andar de lugar em lugar não compensa nada.

- Ok. Trata desse carrinho porque depois deste caso resolvido vamos voltar a caçar. - diz ela indo embora.

Dean foi deixado para trás, com uma cara. Jennifer estava a caminho da praia quando alguém a agarra por trás.

- Ahh! - grita ela, depois de alguma coisa a impedir de falar.

Ao mesmo tempo do acontecimento, Buffy distrai-se e leva com água em cima.

- Que estranho! - disse ela, levantando-se.

- Encontraste alguma coisa!? - perguntou Sam.

- Não! - respondeu ela, olhando para a zona dos bares.

Jennifer foi arrastada até a uma carrinha. Já dentro da carrinha.

- Gordon! Só podias ser tu! Ouvi dizer que estavas preso. - diz Jennifer.

- Fugi! - disse Gordon, com um ar de satisfação! - e tu deves ser irmã da outra aberração, como o Sam.

- Vê como falas da minha irmã e do Sam! - diz ela.

- Desculpa, mas eles são aberrações! - continuou Gordon, atando-a.

- Cala essa boca suja quando falares deles. - diz Jennifer.

- Bons sonhos! - diz Gordon, levando um pano com clorofórmio a cara de Jennifer.

Jennifer fica inconsciente.

- Malta vamos para casa! - pediu Summer.

- Também concordo! - juntou-se Taylor.

- Já está a ficar tarde! - disse Luke.

- Talvez o Dean e a Jenny tenham descoberto alguma coisa! - disse Seth.

- Sim, pode ser! - respondeu Sam.

- Tenho fome! - queixou-se Buffy - Vamos embora.

Entretanto o pessoal chega a casa e vêem o Dean a tratar do carro e perguntam pela Jennifer.

- Dean a minha irmã!? - perguntou Buffy.

Dean olha para eles.

- Ela não foi ter com a Lindsey e com o Luke!? - perguntou ele.

Lindsey acabava agora de chegar no carro.

- Dean! Onde é que se meteu a Jenny!? - queixou-se Lindsey.

Luke estava a dormir, na cadeirinha do carro.

- Ela disse que ia ter com vocês! - diz Dean preocupado.

Buffy pega imediatamente no telemóvel, e liga para Jennifer.

- Está desligado! - disse Buffy, preocupada.

- O que se passará? - diz Sam.

- E se lhe aconteceu alguma coisa!? - perguntou Seth.

- Cohen! - gritaram todos.

- Tenham calma. - diz Seth

De repente toca o telemóvel do Dean.

- Sim? - diz Dean.

- Dean! - disse a voz - há quanto tempo!

- Gordon? - diz Dean.

- Afinal ainda te lembras de mim! - surpreendeu-se Gordon.

- O que queres? - diz Dean.

- Não é o quê! É quem! - corrigiu Gordon.

- Que queres dizer com isso? - diz Dean.

- Tenho algo que te é precioso! - informou ele, com um riso.

- Tens quem? - perguntou Dean já a desconfiar.

- Ora, pensa Dean! - pediu Gordon, desapontado.

- Se tu lhe fazes alguma coisa, eu mato-te! - diz ele fulo.

- Eu fazer alguma coisa!? - disse Gordon - Miúdo tiveste bom gosto, nem sabes o que me está apetecer neste momento! - com um riso.

- Dean quem é!? - perguntou Buffy, aproximando-se dele.

- Suponho que essa seja a aberração igual ao teu irmão! - observou Gordon.

- Vê como falas da minha irmã e do Sam. - diz Jennifer a gritar.

- Jenny!? - disse Dean.

- Já sabes o que eu quero! - disse Gordon. - Vê como falas comigo. - dando um estalo a Jennifer.

- Awww! - gritou ela.

- Se te ponho as mãos em cima! - ameaçou Dean.

- É o Gordon Walker, não e Dean? - pergunta Sam.

- Olha se não é o Sammy a falar. - diz Gordon.

- Sim, é ele Sam. Onde te queres encontrar? - perguntou Dean.

- No Mermaids motel. Dentro de uma hora senão a Jennifer deixará de ser tua e nunca mais a verás. - diz Gordon desligando.

- Mas afinal que queres tu!? - perguntou Dean, logo após a chamada falhar.

- Dean quem era? - pergunta Buffy.

Dean suspira e olha para todos.

- Era o Gordon Walker, um caçador que eu e o Sam conhecemos há uns tempos

- E ele tentou caçar-me por causa das minhas visões relacionadas com o demónio. - diz Sam.

- Usando-me a mim como isco. - diz Dean.

- Ele agora deve estar a Jenny como isco para nos os dois Buffy. – diz Sam.

- Ou seja ele anda atrás de psíquicos!? - perguntou Buffy.

- Sim. - diz Dean

- Aberrações, no ponto de vista dele. - disse Sam - Nós somos aberrações para ele.

- Bem se eu o apanho a minha frente, eu digo-lhe quem é a aberração! - disse Buffy, furiosa.

- Ele tem a minha Jenny. Ele ameaçou fazer-lhe mal. Eu não posso viver sem ela. - diz Dean.

- Então vamos lá! - disse Buffy - Se ele me quer a mim e ao Sam, então vamos lá! - com muita calma.

- Não vão nada. - diz Marissa.

Buffy foi a mala do Impala, e tirou umas armas pequenas, meteu tudo num saco, e meteu na caixa da Ninja.

- O tipo deve ter algum problema só pode! - disse Buffy, ofendida - ele chamou-me ABERRAÇÃO!

Marissa, Summer, Lindsey e Taylor ficaram a olhar para ela. Os rapazes ficaram com uma cara esquisita.

- Alguém tem de ficar com o Luke. E não deixem que ele perceba alguma que coisa se passa, por favor. - pediu Dean entrando no Impala, seguido de Sam.

Buffy sentou-se na Ninja.

- Que saudades deste som! - comentou ela, feliz.

- Buffy onde pensas que vais!? - perguntou Sam, olhando para a pobre mota.

- Vou ao local onde a Jenny está! - informou ela.

- Na Ninja!? - perguntou Ryan.

- Anda no Impala. Tu nem sabes onde é o local. - diz Sam.

- Não! - disse Buffy - Vou na moto!

Sam olhou para Dean.

- Sei mais disto que vocês pensam! - informou Buffy - Onde está ela!?

- A mota não tem ar nos pneus. - diz Dean do carro.

Seth estava a esvaziar os pneus.

- Pois, é verdade. - diz Luke.

Buffy sai da moto, e olha para Seth que estava com duas coisinhas dos pneus.

- Cohen! - disse Buffy furiosa, e dirigiu-se ao Impala. - Eu mato-te Cohen.

Seth largou as coisinhas dos pneus, e foi para trás do grupo.

- Que coragem meu! - disse Ryan, a gozar com ele.

- Podemos ir? - pergunta Dean.

Buffy bateu com a porta em sinal de resposta.

- Isso foi um sim! - olhou Dean, e pondo o carro a trabalhar.

- Arrancas!? - disseram Buffy e Sam ao mesmo tempo.

Dean olhou para eles, e lá arrancou há procura do tal motel Mermaids. Entretanto no motel, no quarto.

- Que queres com a minha irmã e com o Sam? - pergunta Jennifer.

- Tal como os vampiros, quero eliminar as diferenças! - esclareceu Gordon.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Sab Fev 09, 2008 7:53 am

- Mas eles não te fizeram nada. E se é por causa da tal guerra, os demónios desapareceram todos com o nascimento do meu filho. - diz ela.

- Tretas! O Mal existirá sempre, se nenhum de nós lutar contra ele! - gritou Gordon.

- Mas eles não são assim. Eu conheço-os. - diz ela.

- São diferentes, acabam sempre! - corrigiu Gordon.

- Não são. E se tocas num fio de cabelo deles. Eu mato-te. - diz Jennifer.

Gordon simplesmente riu-se.

- Idiota! - diz Jennifer.

Entretanto eles chegam ao pé do quarto no motel. Jennifer sente a voz do Dean... e começa a falar alto.

- E para fazeres isso, foi preciso raptares-me? - diz Jennifer.

- Ora, o que mais atrairia as aberrações!? - perguntou Gordon - Um isco muito precioso!

Dean ouve a voz de Jennifer e espreita la para dentro. Dean faz sinal aos outros para irem ver também. Vêem a Jennifer atada a uma cadeira e com Gordon a vigiar.

- E agora!? - murmurou Buffy.

- Olá. - dizem os outros todos.

Buffy salta de susto.

- Que fazem aqui!? - perguntou Sam.

- Viemos ajudar. - diz Summer.

Dentro do quarto.

- Eles estão a demorar muito tempo! - avisou Gordon.

- Vocês não batem bem! - murmurou Dean, para os restantes.

Gordon ouve um barulho e vai abrir a porta.

- Muito bem, sempre vieram. - diz ele com uma arma a apontar a cabeça de Jennifer.

- Hey Cabra, ai de ti que toques na minha irmã! - ameaçou Buffy.

- Ou quê aberração!? - disse ele, com um riso.

- Ou a aberração, diz quem é a aberração maior daqui! - disse Buffy, fula.

Jennifer olha para os outros.

- Gordon solta-a! - pediu Dean.

- Por favor! - pediu Summer e Marissa.

- O... que... - diz Jennifer com dificuldade a respirar.

As outras duas estavam atrás de Sam.

- Eu soltar esta beleza? Nem pensem. - diz Gordon a rir-se.

Dean preparava-se para entrar, mas Buffy agarra nele. Buffy estava com uma cara pálida e agonizada. Jennifer da um murro ao Gordon na barriga mas ele solta-a... Jennifer preparava-se ir ter com Dean.

- Cuidado! - gritaram as meninas.

Quando Dean se virava para ver Gordon, só viu Jennifer a correr para ele, e a levar com um tiro.

- Dean! - murmurou Jennifer.

E desmaia. Buffy começa a chorar e agarra no crufixo e numa arma. Gordon ao ver o crufixo salta pela janela, mesmo a tempo de não ter levado com um tiro da Buffy. Buffy larga a arma e corre para Dean.

- Jenny! Jenny! - chorava Buffy.

As meninas ficaram chocadas, e os rapazes não sabiam o que dizer.

- Vamos para o hospital, já! - ordenou Sam.

Jennifer estava inconsciente... Chegam ao hospital... Uns enfermeiros levaram Jennifer numa maca há sala de operações. Estava tudo num alvoroço.

- Eu podia ter evitado isto! - queixava-se Buffy - Eu tinha pressentido isto!

- Tu não sabias nada. - diz Sam.

- Vai correr tudo bem! - disse Taylor.

- Sim ela já está com os médicos! - tentava Lindsey animar as coisas.

- Sabia, quando estávamos na praia, ao levar com a água, tive um pressentimento, quando a Jennifer se soltou foi outro. - dizia Buffy, começando a chorar outra vez.

- Eu vou atrás daquele idiota! - disse Dean levantado-se.

Mas é agarrado pelos rapazes.

- Ficas aqui quietinho! - disse Eric.

- É melhor é! - disse Luke.

- Senão daqui a nada há mais uma pessoa para a sala de operações! - avisou Seth.

Todos olharam para ele.

- Sim, Cohen! - disse Seth sarcasticamente.

- É verdade! - concordou Ryan.

- Vocês não percebem. Ela é a minha vida. Sem ela... - diz ele sentando-se.

- Já disse que vai tudo correr bem! - disse Taylor.

Todos sentaram-se há espera que algum médico viesse ter com eles. Buffy estava apoiada no peito de Sam.

Todos olharam para Dean.

- Sou eu. O que se passa? - pergunta ele.

- A Menina Turner já está fora de perigo, mas... - disse o médico fazendo um pausa - perdeu o bebé!

Todos se olham.

- Bebé!? - disse Marissa.

- Ela estava grávida? - pergunta Dean.

- Sim! - informou o médico.

- Mas como? Ela não tinha os sintomas. - diz Dean.

- Ao que parece a Menina Turner estava grávida de duas semanas! - disse o médico - o porquê de não haver sintomas, é só a partir de um mês e meio!

- Posso vê-la? - pergunta Dean.

- Sim! - responde o médico - Por aqui!

Dean segue-o ate onde estava Jennifer. Ele entra e Jennifer esta a dormir. O médico deixa-o há vontade, e sai do quarto. Ele senta-se ate que Jennifer acorda e vê-lo.

- Dean!? - disse ela, abrindo os olhos.

- Estou aqui. - diz ele pondo a mão dele na dela.

- O que aconteceu!? - sussurrou ela - Só me lembro de.. - e não acabou.

- Levaste um tiro do Gordon quando ele me tentou dar um tiro. - diz ele.

- Já me lembro! - disse ela.

– Desculpa – diz ele.

Dean toca-lhe com a mão na cara.

- Desculpa porque? - pergunta ela.

- Por causa de mim, levaste um tiro! - disse ele - e perdeste o bebé!

- Eu estava grávida? Mas eu não te podia perder. - diz ela sorrir.

- Estavas, duas semanas! - riu-se Dean.

- Eu posso voltar a ficar grávida. Eu so fiz aquilo porque não te queria perder. - diz ela.

- Eu sei. - diz ele.

- Quando posso sair do hospital? - pergunta ela.

- Pois! - disse ele - Não sei!

- Podes ir perguntar ao medico? - pergunta ela.

- Claro! - e levanta-se.

E sai do quarto e passa pela sala de espera e pergunta aos outros pelo médico. Dean vê o médico a passar e vai atrás dele.

- Desculpe. - chama Dean

O médico olha Dean.

- A Menina Turner há acordou!? - perguntou o médico.

- Já. Eu queria saber quando pode ir para casa. - diz Dean.

- Amanhã só! - disse o médico - Tem que ficar para observações!

- Está bem. Posso ficar cá com ela? - pergunta ele.

O médico olha para ele, e sorri. Dean sai disparado para o quarto e encontra la dentro o pessoal todo. Estava tudo a volta da cama a rir. Dean olha para o Seth.

- Só podia! - riu-se ele.

Jennifer vê Dean e pergunta-lhe.

- Então? - pergunta ela.

- Só amanhã é que podes ir embora - disse Dean.

- Está bem. - diz Jennifer.

- Mãe, porque que tens de ficar aqui? - pergunta Luke.

- A mãe está doente! Mas já está melhor! - explicou Buffy.

- Pois é. Vocês podem ir para casa. Eu fico bem. - diz Jennifer.

- Eu fico cá a noite! - avisou Dean.

- Não é preciso. - diz Jennifer.

- É preciso é! - diz Dean.

- Tu és teimoso. Se ficares a dormir nessa cadeira vais ficar aflito das costas, depois quem te atura sou eu. - diz Jennifer.

- Não faz mal! - teima ele.

- Ok. Já não digo mais nada. Temos de descobrir que marcas eram aquelas nos surfistas. - diz ela séria.

- Sam, toma! - disse Dean, entregando um envelope grande – faz pesquisa quando chegares a casa!

- Está bem! - respondeu Sam, guardando o envelope.

- Nós vamos para casa. - dizem todos.

- Eu quero ficar com a mãe e com o pai. - diz Luke.

- Luke, o hospital não é ambiente para ti! - disse Jennifer.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Sab Fev 09, 2008 7:54 am

- Mas eu quero ficar com vocês. - diz ele triste.

- Casa! - pediu Jennifer.

- Má! Pai deixa-me ficar. - diz ele virando-se para o Dean.

Dean olha para ele e sorri.

- Casa! - disse ele também.

- Chatos. - diz ele indo embora com o Ryan.

Buffy sorriu e saiu agarrada ao Sam.

- Meninos! - chamou Dean - Tomem conta deles, agora qualquer um corre perigo! - olhando para Buffy e Sam.

- Sim, a aberração é super-humana! - disse Buffy, sarcasticamente, saindo do quarto.

Dean e Jennifer ficam sozinhos.

- O Luke está cada vez mais parecido contigo. - diz Jennifer.

- Eu sei! - disse Dean.

- Podias ter ido com os outros, eu ficava bem sozinha. - diz Jennifer.

- Eu fico bem aqui contigo, e tu comigo! - riu-se Dean.

- Só mesmo tu. Mas conseguiram apanhar o Gordon? - pergunta Jennifer.

- Não! A buffy disparou, mas ele já tinha saltado pela janela! - disse ele – e, mas uma coisa foi estranho, ele ficou com medo de alguma coisa, o crufixo, não sei não! - comentou Dean.

- Esquece isso. Eu só quero saber se tu estás mesmo bem. - diz ela.

- Eu estou, senão fosses tu... - disse ele, aproximando-se para a beijar.

- Mas eu não podia deixar isso acontecer. - diz ela.

- Eu sei! Eu faria a mesma coisa! - disse ele

- Mas tu estás proibido de fazer um pacto se me acontecer alguma coisa. Percebeste? - diz ela.

- Sim! - compreendeu ele.

- Porque se o fizeres quando voltar sou eu que te mato. - diz ela a olhar para ele.

Dean não disse nada, só sorriu.

- Eu amo-te. - diz Jennifer.

Dean voltou aproximar-se da cara ela.

- Amo-te mais que tudo! - disse ele.

E beijam-se.

---------------------------
Comentem!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Sab Fev 09, 2008 7:55 am

Capitulo 22

No dia seguinte ao pequeno acidente, Jennifer regressou a casa acompanhada de Dean.

- Bem vinda de volta. - dizem todos.

Estavam todos com cara e quem tinha acabado de acordar.

- Sam descobriste alguma coisa? - diz Jennifer.

- Do quê!? - perguntou ele.

- Não investigaste nada? Andou na festa com a Buffy. - diz Jennifer.

Buffy fugiu para a cozinha.

- Pois! - disse Sam - Nós chegamos e fomos logo deitar-nos! - disse Sam, olhando para os outros.

- Sim! - interveio Summer - Estávamos cheios de sono.

- Foram. Nós acreditamos. Onde esta o Luke? - pergunta Jennifer.

- O Luke está a dormir no meu quarto! - disse Buffy da cozinha com um ar de que a noite correu mal - Ou dormia lá ou fazia birra! - disse ela desapontada.

Sam baixou a cabeça

- Perderam uma noite de amor e sexo! - murmurou Dean, a gozar.

- Vamos para cima? Preciso de descansar. - diz Jennifer para Dean

- Vamos! - acompanhou ele.

Todas as cabeças olharam para os mesmo dois pontos, Jennifer e Dean, enquanto subiam as escadas. Entram no quarto deles. Jennifer senta-se na cama.

- Coitados do Sammy e da Boo, não tiveram nada na noite passada. - diz Dean a gozar.

Jennifer riu-se, mas não se forçou, pois podia rebentar os pontos na barriga.

- Tu também não tiveste nada. - diz Jennifer a rir-se.

Dean para logo de rir.

- Mas não tive nada porque tu estas doente. - diz ele.

- Eu sei. - diz ela tentando levantar-se.

Mas sentou-se logo, com dores.

- É melhor deitares-te, eu vou buscar comida! - avisou ele.

- Não quero comer. - diz ela.

- Hum... - murmura ele, olhando para ela.

- O que foi? - diz ela.

- Nada! - riu-se ele - Vou ver do Luke! - piscando o olho.

- Ok. - diz Jennifer.

E Dean sai do quarto. Na cozinha.

- Quero sexo! - disse Buffy do nada.

Todos olham para ela.

- Necessito de sexo! - disse ela pegando na colher, batendo na mesa, entornando um pouco de leite.

- Tem calma. O puto não tinha culpa. - diz Marissa.

Buffy faz uma cara de quem estava a ser torturada.

- Sam! - gritou ela - Para o quarto! - disse ela, levantando-se.

- Buffy!? - disse Sam, aflito.

- Eu preciso de… - e leva com um panela na cabeça, por parte da Summer.

- Podemos continuar a comer! - sorriu Summer, salvando o dia.

- Awww! - murmurou buffy - vou para o quarto deitar-me - e arrastou-se até as escadas.

Jennifer estava na cama dela encostada na cabeceira quando Dean entra com o Luke no quarto.

- A Boo parece que acabou de levar com um tacho em cima! - informou Dean com cara de gozo - tinha cara disso! - deitando o Luke.

- Pois. Não teve nada na noite passada. Ele dorme que nem um anjo. - diz Jennifer.

- É verdade! - riu-se Dean, deitando-se na cama.

- É como tu. Agora lembrei-me, quando voltarmos a caçar, o Luke vai ficar aqui com os meus primos, ok? - diz ela a olhar para Dean.

- Acho que é melhor assim! - concordou Dean.

- Assim temos tempo só para nós. - diz ela a sorrir.

Luke começa a acordar, e abre os olhos e vê os pais a olhar para ele.

- Mãe, pai... - diz ele a sorrir.

- Chegamos! - disse Jennifer e Dean em coro.

Luke abraça Jennifer com força. E depois vai abraçar Dean também.

- Campeão! - disse Dean.

- Tenho fome. - diz Luke.

- Vamos lá comer! - diz Dean, pegando em Luke.

- Anda mãe. - diz ele.

Jennifer levanta-se com cuidado e vai com eles. Toda a gente já estava arranjada, e nas suas actividades. Jennifer e Dean chegam a cozinha. Dean prepara a comida para o Luke, ele come e vão novamente para o quarto. Luke adormece novamente.

- Dean leva-o para o quarto dele. - diz Jennifer.

- É para já! - disse Dean, saindo com o Luke ao colo.

No corredor estava Sam com o envelope na mão.

- Então andas a pesquisar!? - perguntou Dean.

- Vou começar! - respondeu Sam, entrando no quarto.

Dean deixa Luke no quarto dele e volta para o dele onde estava Jennifer a espera dele. Mal Sam fecha a porta, alguém o agarra e começa a beijar.

- Bu..f..fy!? - disse Sam entre os beijos.

- Cala-te e beija! - disse Buffy.

Jennifer estava deitada de olhos fechados.

- Adormeceu!? - perguntou Dean.

- Não. Estava a tua espera. - diz ela a sorrir

Dean sorri. Aproxima-se dela. E começa a beija-la. Jennifer alinha com ele. Mas depois Jennifer pára, pois tinha a consciência de ter não sei quantos pontos na barriga.

- Porque que paraste? - diz ele.

- Beijar exige muito esforço físico! - informou ela - posso rebentar com os pontos!

Dean olha para ela com cara de parvo.

- Pronto eu abro uma excepção so para ti. - diz ela.

Dean ri-se, e retoma aos beijos. Entretanto no quarto de Buffy... Buffy estava a trabalhar a 800 km/h, e já estava a tirar a t-shirt do Sam.

- Buffy, tem calma... temos trabalho. - diz Sam.

Buffy pára.

- Trabalho!? - pergunta ela.

- Sim. O que estávamos a investigar ontem. - diz ele.

Buffy empurra-o contra a parede, e continua a beija-lo, ignorando o trabalho que tinha que investigar. Sam começa alinhar com ela. Buffy continua a tirar-lhe a t-shirt. Sam pega nela ao colo, e caem na cama. No quarto de Jennifer... Dean estava por cima da Jennifer.

- Se te tivesse perdido não sei o que faria. - diz ele entre os beijos. - Eu apanhei um susto! Sabes?

- Eu só te quis proteger. - diz ela.

- Mas não voltes a fazê-lo. - diz Dean. – Eu ia perdendo-te.

- Eu prometo. - diz ela.

E voltam a beijar-se. No quarto da Buffy o ambiente estava bem quente.

- Que falta eu sentia disto tudo. - diz Buffy.

- Também eu. - diz Sam.

E continuaram a enrolar. No outro quarto. Aquilo não passava dos beijos. Jennifer continuou aos beijos, até que começou a sentir dores.

- É melhor parar! - avisou Jennifer.

- Porque? - pergunta ele.

Jennifer olha para a barriga, e estava em sangue.

- Por causa disto. - diz ela.

Dean olha para baixo.

- É melhor irmos ao hospital! - disse ele, pegando nela ao colo.

- Não é preciso. - diz ela.

- Vamos e acabou! - disse ele, descendo as escadas.

- Já vimos pessoal. - diz Jennifer.

- Tomem conta do Luke. - diz Dean

- Mas tens a camisola em sangue! - observou Marissa.

- E por isso mesmo que vamos ao hospital. - diz Dean com Jennifer ao colo.

Marissa fica com cara de parva, e os dois saem. Dean poe-na no banco e entra e vão ao hospital. Chegando lá, vão rapidamente ter com o médico que lhe cose novamente os pontos e lhe dá um sermão. Voltam para casa. Jennifer chega no colo de Dean novamente.

- Bem. Não posso fazer esforços durante uma semana. Não posso caçar. Que seca. - diz Jennifer.

- Xii, mulher, ficas de caminha! - disse Lindsey.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Sab Fev 09, 2008 7:56 am

- Sim. Não posso fazer nada... de nada. - diz ela triste.

Dean também não estava com a melhor das caras.

- A minha irmã!? - perguntou Jennifer.

As meninas olharam-se.

- Está no quarto há horas! - disse Marissa.

- O Sam!? - perguntou agora Dean.

- Não sei! - disse Ryan.

- Não o vejo desde.. - não acabou Eric.

- Ele não entrou no quarto? - pergunta Jennifer.

Seth riu-se dos rapazes.

- Ele deve estar no quarto também! - disse Luke.

- Pois. Nós mandamos aqueles dois investigar. E devem é estar no marmelanços. - diz Jennifer.

- Enquanto eu não posso. - diz Dean.

Todos se riram.

- Aguenta uma semana e tens uma compensação daquelas das grandes que tu nem vais aguentar. - diz Jennifer.

Dean ficou na mesma.

- Vamos para cima. - diz Jennifer. - Podes pôr-me no chão?

- Vamos, lá chamar os outros dois! - disse Dean com planos maléficos - Temos um trabalho a terminar!

- Vamos. - diz Jennifer.

E sobem as escadas. Batem a porta e ninguém responde e abrem a porta. Buffy e Sam caem da cama, com a porta abrir.

- Isso é que é pesquisar Sam. - diz Dean.

- Chooo! - disse Buffy, aflita.

Dean só se ria.

- Importam-se de sair para nós...! - começou Sam, não acabando.

Os dois estavam aflitinhos escondidos atrás da cama a tapar certas zonas do corpo. Buffy olha para Jennifer e para a enorme mancha vermelha.

- Que te aconteceu!? - perguntou Buffy

- Os pontos rebentaram. - diz Jennifer.

- Ahhh! - quase gritou Buffy.

- Que foi? - diz Jennifer.

- Nada! - disse Buffy, agora voltando há realidade - Saem daqui! - barafustou ela, atirando com uma almofada.

Sem querer a almofada acerta na barriga de Jennifer.

- Auuu. - diz ela.

- Desculpa! - disse Buffy, sarcasticamente, preparando-se para atirar a última almofada.

- Magoaste a sério!!! - diz Jennifer a sair e a bater com porta.

- Já disse tenho Extra-Força! - gritou Buffy - Sangue de Demónio nas minhas veias! - e olhou para Dean.

Sam estava com uma cara.

- Importaste de sair do meu quarto!? - perguntou Buffy.

- Precisavas de fazer aquilo a tua irmã? - perguntou Dean.

- Não tenho a culpa! - disse ela - Aliás, vocês é que são os culpados! - embrulhando o lençol, há volta do corpo.

Jennifer estava no quarto a andar de um lado para o outro a refilar quando Dean entra e começa a dizer-lhe para se deitar.

- Ai vai pagá-las. Quando quiser alguma coisa não leva nada. - diz ela a refilar com a mão na barriga.

- Jenny deita-te, ainda rebentas novamente os pontos! - dizia Dean, tentando acalma-la.

Jennifer lá se deitou. No outro quarto, os dois sujeitos estavam a vestir-se.

- Foi intenso! - comentou Buffy.

- Pois foi! Mas não devias ter atirado a almofada a tua irmã! - diz Sam.

- Azar! - respondeu ela, toda contente, arranjando o cabelo - Vamos pesquisar!? - perguntou ela.

Sam abanou a cabeça, e lá foi com ela, para a sala. Dean desceu as escadas e encontrou os outros dois na sala a pesquisar.

- Hey eu conheço este gajo! - disse Buffy, pegando numa das fotos.

As meninas vieram logo a correr.

- Oh meu Deus, que perda! - disse Summer.

- É mesmo giro! - comentou Taylor.

- Só é pena estar morto! - disse Lindsey.

- Ai que perda mesmo! - disse Marissa, juntando-se ao movimento.

Jennifer a descer as escadas ter com eles para ajudar na pesquisa. Buffy suspirava.

- Eu lembro-me dele lá na escola! - informou Buffy - Concordo, que perda! Ele e mesmo uma grande perda! - babando-se.

Summer pega noutra foto.

- Olhem este, olhem este! - aos pulinhos.

- Quem? - pergunta Jennifer. - O Volsock?

As meninas voltaram olhar.

- Ai que perda! - disseram em coro.

Os rapazes estavam a observa-las de um canto.

- É impressão minha, ou elas estão com o cio!? - perguntou Seth.

- Hey Hormonas aos pulos, acalmem-se! - disse Dean.

- Ya, isto é uma pesquisa não é para comentar... ahum... mortos! - disse Sam, baralhado.

- Estás com ciúmes? - meteu-se Buffy.

Sam olha para ela, e Jennifer também. Os rapazes olham todos para as raparigas com as hormonas aos pulos.

- Pensando melhor! - começou Dean - deixem estar que nós - referindo-se a ele e ao Sam - tratamos da pesquisa! - e tirou as fotos as raparigas.

- Hey, nós só estávamos a comentar o pessoal que conhecíamos. - diz Jennifer.

E tira as fotografias ao Dean. Dean volta a tirar as fotos.

- E nós só queremos trabalhar! - sorriu ele.

Jennifer voltou a tirar as fotos.

- E nós também. - diz ela.

Jennifer começa a ir para a mesa com as fotografias para investigar e Dean tira-lhe as fotos da mão. Jennifer deita um olhar de morte ao Dean, e volta a tirar-lhe as fotos. Em seguida, Dean continua a teimar em ficar com as fotos. Então as raparias olham com um ar sério para ele. Dean deita um sorriso. Cada uma olha para cada uma, e em seguida é moche ao Dean.

- Sammy! Socorro! - gritava ele.

- Parem. Só eu e que posso fazer isso. - diz Jennifer passando as fotografias a Buffy.

E as raparigas caem todas para trás. Dean levanta-se e sacode a roupa.

- É verdade! - diz ele.

E tenta tirar as fotos a buffy, mas a Team Summer Marissa Taylor impedem.

- Ai de ti que tentes tirar as fotos. Anda pesquisar. - diz Jennifer puxando-o para a mesa.

Dean faz uma cara, e lá continuam a pesquisa.

- A vida em Newport é tramada! - comentou Eric.

- Podes crer! - riu-se Ryan.

- Tenho fome. - diz Jennifer do nada.

- Estás bem!? - perguntou Luke.

- Porque? - pergunta ela.

- Ai, está me a dar fome também! - disse Buffy - quero ir aquele restaurante italiano! - chorou ela.

- As lasanhas!? - perguntou Lindsey.

- Sim as lasanhas! - babou-se Buffy.

- Vamos. Só peço para não haver Velhacos lá. - disse Dean lembrando-se da ultima vez que foram comer a um restaurante italiano.

Sam olha para Dean e parte-se a rir. Buffy não achou piada.

- Hey não me lembres da parte em que estava inconsciente! - pediu Buffy.

- Que aconteceu!? - perguntou Marissa.

- Contem, contem! - colou-se Summer e Taylor.

- Cá vão estas duas! - comentou Seth.

- Nem me lembrem. - diz Dean.

Jennifer olha para Sam e os dois partem-se a rir.

- Não, por favor! - chorou Buffy.

Jennifer e Sam continuam a rir. Os outros todos ficam com caras de parvos da maneira que Sam e Jennifer se estavam a rir. Quando Jennifer se acalmou perguntou.

- Querem mesmo saber? - perguntou ela.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Sab Fev 09, 2008 7:58 am

- Sim! - disseram as meninas com puppy eyes!

Os rapazes riam-se.

- Se quiserem contar! - disse Ryan.

- Sam conta ai. - diz Jennifer.

- Nós encontramos um Velhaco, num dos casos que estávamos a investigar, e ele fez qualquer coisa que fez com que um gajo gordo e feio beijasse a Jenny, ela foi ate que acordou e deu-lhe um grande pontapé no abono de família. O Dean viu a cena e ficou passado e com isso beijou a Buffy. A Buffy também alinhou nos beijos dele. Foi lindo… Se vocês vissem como aqueles dois estavam... Lindos. - diz Sam a rir-se.

Jennifer parte-se a rir novamente. Os outros ao ouvirem aquilo partem-se a rir também. Buffy tinha-se afundado na cadeira.

- Eu estava inconsciente! - disse Buffy - Também sofri com o estupor!

- O pior momento da minha vida foi ter beijado a Boo. - diz Dean.

- Calma. Tenho de ir acordar o Luke para irmos jantar. Anda comigo Dean, preciso de ajuda para acordar o teu filho. – diz Jennifer.

- Podes crer, o pior momento da minha vida foi ter te beijado! - disse Buffy.

As meninas e os meninos só se riam.

- Mas tu gostaste dos beijos. - diz Jennifer a gozar com ela.

- Obrigadinha Sam Winchester! - disse Buffy, deitando um olhar de morte.

Buffy pegou noutra almofada, mas Jennifer fugiu.

- O meu amorzinho beija muito bem. - diz Jennifer.

Buffy não dizia nada!

- Diz lá a verdade, beija bem!? - murmurou Summer.

- Summer!! - disse buffy, olhando com um ar sério.

- Diz lá! O meu amor beija bem, não beija? - diz Jennifer a gozar com ela.

Buffy acertou com a almofada do sofá na cabeça de Jennifer.

- Não vou comentar! - disse Buffy, fugindo para a cozinha.

- Hey! Ninguém trata mal o meu amor. - diz Dean.

E sobem de seguida as escadas e entram no quarto de Luke. Buffy espreita para a sala.

- Está livre!? - perguntou Buffy, espreitando um pouco.

- Está. - diz Sam.

Buffy esgueira-se para a mesa, e senta-se a ver o resto das fotos em silencio. Eles descem novamente com o Luke.

- Olá meninas todas boas. - diz Luke.

- Ai não! - disse Buffy, levantando-se para ir novamente a cozinha.

Mas Luke corre para ela. Buffy fez uma cara de tortura.

- Encontraram alguma coisa!? - perguntou Dean.

- Foi o teu sobrinho que disse. Não foi o Dean. - diz Jennifer.

As meninas ficaram com um ar sério depois de Luke ter dito aquilo.

- Ele é assim! Culpa da Buffy. - diz Jennifer.

- Minha!? - disse Buffy, torturada - que eu saiba quem andou a explicar o que era... - pausou - aquilo - e fez o desenho da palavra no ar - foi ele - apontando para o Dean.

- Porque tu tinhas preservativos espalhados pelo quarto e ele entrou e depois foi perguntar coisas ao pai. - diz Jennifer.

- Ninguém o manda entrar no quarto! - disse Buffy, voltando a sentar com as fotos na mão.

- Ele tem dois anos. Dá um desconto. E vamos comer que eu estou com fome. – diz Jennifer.

- Italiano!? - perguntou Dean.

- Sim!! - gritaram as meninas.

- Estou tramada com vocês! - suspirou Buffy.

- Já pensaram que isto pode ter sido tudo planeado pelo Gordon para nos atrair? - perguntou Jennifer já na rua.

- O quê!? - perguntou Sam.

- Isto das mortes? - perguntou Jennifer.

Buffy olha para ela e pensa.

- Não me parece! - respondeu Buffy.

- Isto já está assim há uns dois meses! - relembrou Luke Sénior.

- Podemos ir comer!? - perguntou Lindsey.

- Sim, estou com uma fome - juntou-se Taylor.

- Vamos. - disse Jennifer.

- Quem vem connosco? - pergunta Dean.

As meninas e os meninos deixam um olhar inocente.

- Nós! - disseram os dois grupos.

- Calma. Com o Dean vou eu e o Luke. Temos espaço para mais duas pessoas. Quem vem? - pergunta Jennifer.

Buffy e Sam olharam-se e enfiaram-se logo no Impala.

- Vocês nem dão oportunidade aos outros de escolher. - diz Dean.

Buffy e Sam voltam a sair do carro.

- Quem quer!? - perguntou Sam.

Buffy so batia com o pé.

- Vão vocês com eles. - diz Marissa.

Sam e Buffy voltam a entrar no Impala e partem todos para o restaurante italiano. Mal chegam lá, encontram uma grande amiga de Jennifer, que ela bem odeia, a Holly.

- Tinha de estar esta aqui? – murmura Jennifer.

- Quem? – dizem as meninas.

- A Holly. – murmura Jennifer.

- Estamos com azar. – diz Buffy.

- Esqueçam-na, melhor não lhe liguem. – diz Dean pegando ao colo o pequeno Luke.

- Aproveitamos e discutimos este trabalho. – diz Sam.

- Vamos para dentro. Tenho fome, pai. – diz o pequeno Luke.

- Vamos. E não liguemos a esta loira. – diz Summer.

Entram no restaurante e são logo atendidos por uma rapariga loira. Os rapazes estavam prontos para se babarem por elas, mas lembraram-se da partida das meninas que desviaram logo a cara.

- Boa noite. Mesa para quantas pessoas? – perguntou a empregada.

- Era uma mesa para treze pessoas. – diz Taylor.

- Podias dar-nos uma mesa mais privada? – pergunta Lindsey.

- Sim, claro. Venham comigo. – diz a empregada.

- Já agora uma cadeira de bebé, podia ser? – diz Marissa.

- Sim, já levo. – diz a empregada.

Sentaram-se todos. A mesa era redonda. Ficaram nas posições de meninas entre os rapazes, só o Luke é que ficou no meio do Dean e da Jennifer depois da empregada trazer a cadeira de bebé e os cardápios. Escolheram a comida e esperavam por ela, mas entretanto discutiam sobre o caso.

- Mas as marcas são muito estranhas. – diz Jennifer.

- Nós nunca encontramos nada com aquelas marcas. – diz Buffy.

Todos olharam para os Winchester.

- Também não sabemos! - disse Dean.

Do outro lado do restaurante, entram uns surfistas. As meninas começaram a derreter-se todas. Os surfistas olham para as meninas e começam a fazer olhinhos a elas. E começam a comentar em entre si. As meninas começam a olhar para eles.

- Não comes a lasanha!? - perguntou Sam a Buffy.

- Cala-te! Estou ocupada! - mandou ela, observando os surfistas.

- Ai que... - e o resto Summer não acabou, dando uma garfada de risotto.

- Aquela gaja ali - referia-se o mais velho dos surfers, olhando na direcção de Jennifer - é mesmo boa!

- Não, não! - contrariou um dos outros.

- Aquela loira - disse outro para a Marissa - essa sim é que é boa!

- Desculpa meu! Mas a gaja do cabedal! - disse outro, referindo-se a Buffy - essa sim!

E uma discussão ia começando entre os surfistas, senão aparecesse uma das empregadas loiras. Depois de pedirem continuaram a comentar entre si, o que achavam das meninas. De volta a mesa dos treze.

- Bem eu vou pagar! - disse Jennifer, pegando no papel da conta.

- Desculpa! Eu pago! - disse Taylor.

E ia começar novamente uma discussão, mas Marissa salvou a pele.

- Desculpem! - disse ela, pegando no papel, e dirigindo-se ao balcão.

Depois de terem pago, os surfistas aproveitam e agarram nas meninas que apreciaram.

- Olá giraça! - disse o mais velho para Jennifer – posso-te conhecer!?

- Não. - diz Jennifer.

O mais loiraço que tinha um piercing no lábio tenta Buffy.

- Olá miúda! - disse ele - queres sair comigo!?

Buffy fez uns sorrisinhos mas lembrou-se que era comprometida.

- Hum... - disse ela com um ar sedutor - Não! - e virou costas.

O mais velho agarrou em Jennifer.

- Larga-me, pode ser? - diz Jennifer.

Ele simplesmente sorriu e tentou beija-la. Mas entretanto a mão de alguém foi contra o nariz do surfista.

- Larga a minha miúda! - disse Dean, pondo ordem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Sab Fev 09, 2008 7:59 am

- Tua miúda? Ela não é miúda para ti. Mas sim para mim. - diz o surfista.

O do piercing pegou em Buffy, mas antes de lhe tocar, já ele estava no chão, acabado de ser atropelado por um triplo pontapé da Buffy.

- Não me toques está bem!? - disse Buffy indo ter com o resto pessoal.

Dean sem responder começou a pancada. Luke Júnior foi ajudar o pai. E começa a dar murrinhos nas pernas do surfista. Entretanto com as outras meninas, principalmente Marissa e Lindsey, o mesmo se passava. Mas para terminar tal acto, Ryan e Luke entraram ao barulho na mesma linguagem que Dean. Era Jennifer, Marissa e Lindsey a tentar fazer com que os seus meninos parassem ate que o surfista que agarrou a Jennifer empurra o Luke e ele cai no chão desmaiado. Buffy tinha tratado do seu por isso Sam so foi ter com ela.

- Luke! - grita Jennifer indo a correr para ter com o filho.

Dean olha para trás, e vê Luke estendido no chão. Larga o surfista e vai a correr ter com Jennifer. Jennifer estava a chorar.

- Luke, não. - diz Jennifer a chorar.

Então os surfistas saíram a correr do local, mas um tinha deixado qualquer coisa para trás. Enquanto toda a gente chamou uma ambulância os serviços de ajuda, Buffy foi pegar no objecto deixado pelo o surfista do piercing.

- Uma correia!? - perguntou a si mesma - Que estranho! - disse ela, lembrando-se de qualquer coisa.

Então foi ter com o resto, abrindo caminho. Luke começava a acordar.

- Luke!? - disse Jennifer - ai graças a deus! - e abraçou-o.

- Que se passou!? - perguntou Luke - Adormeci sem querer!

Jennifer e Dean ficaram com cara de parvos. Buffy e Sam estavam com uma cara de gozo, mais o resto grupo.

- Não gozem. Se fossem pais percebiam o que eu senti. - diz Jennifer.

Buffy desmancha-se a rir juntamente com Summer e Taylor.

- Vamos? - diz Dean pegando no Luke e vão os três para o carro.

- Vamos, vamos! - disse Buffy, olhando pensativamente para a correia.

Dean e Jennifer já tinham arrancado.

- Que é isso!? - perguntou Sam, abraçando-a.

- É estranho! - respondeu Buffy - foi o surfista do piercing que deixou cair! - olhando novamente para a correia - já vi em qualquer sitio!

Jennifer e Dean chegam a casa e levam o Luke para o quarto dele.

- Que susto que apanhei! - disse Jennifer.

E fecha a porta do quarto do Luke, depois de o deitar.

- Eu também. - diz Dean.

E foram para o quarto. Jennifer senta-se na cama. E repara na cara do Dean.

- Olha para ti. Tens o lábio arrebentado e um olho negro. Para quê que te meteste a bulha com aquele idiota? Eu já vou tratar disso. - diz Jennifer.

- Não é preciso! - disse ele.

Mas Jennifer já estava enfiada na casa de banho, a ver o kit de primeiros socorros. Jennifer começa a desinfectar e ele a gritar que arde.

- Medricas! - comentou ela.

- Não sou medricas. - diz ele.

Jennifer ria-se. Entretanto ouviram o barulho da porta da entrada.

- Deixa acabar aqui. E depois já podes ir embora. - diz ela.

Dean fez uma careta, e lá deixou Jennifer continuar. Jennifer acabou de desinfectar e pousou o kit de primeiros socorros.

- Já podes ir embora, medricas. - diz Jennifer.

- Aleluia! - levantando-se da cama.

- És mesmo medricas. - diz ela a gozar com ele.

- Não sou nada! - disse ele recuando.

Jennifer ria-se apenas.

- Pois não. És o meu medricas. - diz ela a rir-se.

Dean fez um ar de aborrecido.

- Pronto. Não és medricas. - diz ela indo ter com ele com aquele olhar que ele adora.

Dean deu um passo.

- O que foi? - perguntou ela a olhar para ele.

Dean beijou-a simplesmente. Jennifer empurra o Dean para a cama e fica em cima dele. Mas entretanto ouve-se barulho no corredor.

- Hey, segura aqui na guitarra! - pedia Buffy, entregando a Summer.

Dentro do quarto.

- Não ligues. - diz Jennifer.

E continuam a beijar-se.

- Aiiii! - gritou Summer, caindo nas escadas.

Dentro do quarto. Eles continuam a beijar-se.

- Eu quero sexo. - diz Jennifer.

Dean começa a tirar-lhe o top. Jennifer fica por baixo dele. E começa a tirar-lhe a t-shirt e a desapertar-lhe as calças.

- Tens a certeza que queres? - diz Dean.

Jennifer abanou a cabeça, beijando-o. Começam a enrolar e já se sabe o que aconteceu. Na outra parte da casa, tudo estava animado. Buffy a dar espectáculo na guitarra. Seth com as suas piadas, mais Luke. Ryan e Eric falavam de qualquer coisa abstracta. Summer e Taylor tentavam cantar, enquanto que Marissa e Lindsey estavam ao pé da piscina a conversar. Sam tentava encontrar mais informações sobre as mortes dos surfistas.

- Preciso da Jenny e do Dean. - diz Sam.

Buffy continuou a tocar guitarra, e olhou para uma das fotos. Quando uma das cordas se quebrou devido a força do toque, lembrou-se de um coisa.

- Sam descobri! - disse Buffy, largando a guitarra e correndo para o quarto dela.

Todos foram atrás de Buffy.

- Chamem a Jenny e o Dean se faz favor! - gritou Buffy, tirando os casacos há procura de qualquer coisa.

No quarto, Jennifer e Dean estavam a fazer amor quando entram de rompante no quarto, ao ouvirem a porta abrir de rompante, só tiveram tempo de se tapar.

- Ai meu deus! - disse Taylor, virando-se de costas.

Summer e companhia saíram logo.

- Boa. Porque que isto tem de acontecer? - diz Jennifer.

- Somos infelizes! - sarcasmungou Dean.

- Pois é. Temos de nos vestir, e ver o que eles queriam. Que chatos. - diz Jennifer.

E lá saltaram da cama para voltarem a cobertura. Estavam todos na sala, excepto Buffy.

- Qual foi o casaco que vesti!? - perguntou buffy, procurando entre os vários casacos.

- Que se passa? - perguntou Jennifer.

- A Buffy descobriu não sei o quê! - disse Sam, pegando nas fotos.

- Mas ainda não desceu! - informou Marissa.

- Pois, e entram de rompante no nosso quarto. - diz sarcasticamente Dean.

Entretanto Buffy encontrou o casaco, e tirou as coisas dos bolsos, descendo num salto pelas escadas.

- O que descobriste? - diz Jennifer.

- Sam compara as marcas, com esta correia! - pediu Buffy, entregando-lhe a correia.

- Está bem. - diz ele.

Sam começou a verificar as marcas com o padrão da correia.

- É idêntico! - respondeu ele.

Buffy fez um ar de triunfo.

- Então isto é obra de humanos? - pergunta Eric.

- Ou não! - disse Buffy.

Todos olharam para ela.

- Os surfistas são como os skaters! - informou Buffy - andam sempre em grupos. Talvez este grupo tenha morto ocasionalmente um dos membros!

- Isso e verdade. Pode ser isso. Amanha temos de descobrir se morreu alguém antes destas mortes terem ocorrido. - diz Jennifer.

- E talvez o suposto morto, se ande a vingar dos surfistas que por ali surfem! - disse Dean.

- Com a correia que o sufocou! - concluiu Sam.

Todos bateram palmas. Os outros quatro ficam todos corados pelas palmas.

- Ok! - disse buffy - Chega, até parece que ganhei um prémio Nobel! - dirigindo-se a cozinha.

Todos se começaram a rir com o embaraço enorme de Buffy.

----------------------
Comentem!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Sab Fev 09, 2008 8:28 am

Capitulo 23

Assim decidem ir todos dormir. Nessa manha, todos acordaram e prepararam-se para a investigação criminal. Estavam a tomar o pequeno almoço.

- Uma manhã deveras interessante! - meteu Seth conversa.

- Mamã, papá também posso ir a caçada? - diz Luke.

O pequeno almoço que estava em silencio, paz, calma e harmonia, depressa mudou.

- Não. - diz Jennifer.

- Vá lá! - suplicou o puto.

- Não. - diz agora Dean.

Luke começou com lágrimas.

- Por favor! - pedia ele.

- Não. - disseram os dois ao mesmo tempo.

Luke começou a chorar.

- Luke pára de fazer birras. - diz Jennifer.

- Mas esta criança nasceu dotada? - perguntou Taylor, baixinho.

- Quero ir, quero ir, quero ir. - começa Luke.

- Bem é melhor irmos ter com a Kirsten e o Sandy! - avisou Dean.

- Ya. Anda Luke. - diz Jennifer.

- Quando vamos investigar? - perguntou Buffy.

- Vão há praia. Eu e o Dean vamos ver se descobrimos a morte de algum surfista antes destes ataques. - diz Jennifer.

- Ok! - disse Sam, levantando-se.

Buffy e restantes fazem o mesmo. Todos entram no jipe da Marissa, excepto Buffy, que ia na sua moto. Entretanto Dean e Jennifer vão a casa de Sandy e deixam lá o Luke para puderem ir investigar se ocorreu a morte de algum surfista antes destas estranhas mortes. Entram novamente em casa e sobem para o quarto e Jennifer pega no portátil, e procura na base de dados da policia local alguma coisa de estranho que tenha ocorrido na praia à dois meses. Entretanto na praia, o resto do grupo tentava descobrir alguma coisa de estranho.

- Parece tudo normal! - disse Summer.

- Pois! - comentou Marissa, Taylor e Lindsey.

- Sam o que fazes!? - perguntou Buffy.

Entretanto no quarto, Jennifer estava a investigar enquanto o Dean não parava de olhar para ela.

- Dean e que tal se ajudasses aqui!? - pediu Jennifer.

- Sim, amor. – diz ele com outras intenções.

- Agora! - disse ela, teclando qualquer coisa.

- Já vou. - diz ele.

Com isto começa a subir pela cama ate que ele fica frente a ela.

- Dean!? - levantou ela os olhos do ecrã.

Dean nem responde, beija-a logo. Tira-lhe o portátil das pernas e continua a beija-la. Jennifer vai no bom caminho mas pára.

- Dean! - diz ela afastando-se - Temos um trabalho para fazer!! - informou ela, séria.

Dean olha para o ecrã do portátil que tinha uma foto.

- Vá lá amor. - diz ele com cara de cachorro abandonado. - Estás a ver? Já descobriste quem é o espírito.

Jennifer pega no telemóvel, e liga a Buffy.

- Buffy atende, que eu tenho mais que fazer. - diz Jennifer.

De repente ouve-se um toque muito ritmado.

- Buffy!? - virou-se Sam.

Buffy sorri, e apalpa o bolso das calças.

- Sim Jenny!? - disse Buffy, atendendo.

- O nome do surfista é Kevin Caine. Morreu acidentalmente com o seu grupo de amigos. Fiquem ai para impedir que os surfistas entrem na água. Eu e o Dean vamos logo a noite ao cemitério dar cabo dos seus ossos. Até logo. - diz Jennifer.

- Repete lá! - disse Buffy, distraída com as outras quatro.

- Olha aquele loiro! - dizia Summer excitada.

- Aiiii! - gritou Taylor.

- Vocês acalmem as hormonas! - pediu Ryan.

Os rapazes estavam a encher um monte de flexões.

- Jenny!? - chamou buffy.

- Lá vai ele para as ondas! - cantarolou Lindsey.

- Vocês enjoam! - disse Eric.

- O nome do surfista é Kevin Caine. Morreu acidentalmente com o seu grupo de amigos. Fiquem ai para impedir que os surfistas entrem na água. Eu e o Dean vamos logo a noite ao cemitério dar cabo dos seus ossos. Até logo. - diz Jennifer.

Jennifer estava a levar com beijos do Dean.

- Não entrar na água!? - perguntou Buffy.

- Olhaaaa! - disse Marissa.

- Ya. - diz Jennifer.

- Oh meu deus! Ele e as ondas! - observava Taylor.

- Oh, oh! - disse Buffy - Está um na água e... - e nesse momento o surfista é engolido pela onda forte, não votando a superfície - Já falamos! - disse.

Buffy passa o telemóvel a Sam, e tira o casaco ficando em top. Corre pela areia, entra na água e começa a nadar.

- Sam... – diz Jennifer sendo calada com um beijo de Dean.

- Jenny! - disse Sam - A tua irmã acabou de ir para dentro de água! - avisou ele, preocupado.

- Não deixem entrar ninguém dentro de água. Eu e o Dean logo a noite vamos ao cemitério acabar com os ossos do surfista morto. Mas não deixem entrar nenhum surfista dentro de água. Ate logo. Fiquem ai ate virem o espírito a ser destruído. - diz Jennifer.

- Mas...! - começou Sam.

Mas a chamada já tinha caído.

- Bolas! – disse ele e virou-se para o mar.

- Bem posso virar nadadora salvadora! - disse Buffy, a meio do nado.

- E se isto corre mal!? - dizia Summer, agora nervosa.

Buffy continua a nadar até ao local da prancha, tirou uma barrinha de ferro, olhou em volta e mergulhou. Entretanto no quarto. Dean começou aos beijos com Jennifer.

- Temos trabalho. - diz ela.

- Vá lá Jenny, e só logo a noite. - diz ele começando a beijá-la.

- Aii Dean! - disse ela, não resistindo.

E beijam-se. Entretanto na praia.

- Ela já está a imenso tempo debaixo de água! - disse Marissa agora preocupada.

- Que fazemos!? - perguntou Seth.

- Lindsey segura nisto! - disse Sam, tirando o casaco e as coisas dos bolsos.

- Ok! - disse Lindsey pegando nas tralhas.

Sam começo a correr, e entrou na água num salto.

- Ele também é giro! - comentou Taylor.

- Mas e da Buffy, mas olha que o Dean não se deita fora também. - diz Marissa.

- Aii o Dean! - babou-se Lindsey.

Entretanto em casa, no quarto. Jennifer e Dean começaram a trocar de posições, até que o telemóvel de Jennifer toca.

- Oh não. - diz Jennifer.

Jennifer atende o telefone.

- Sim? - diz ela.

- Fala Michael Darcy da Academia All Stars! - falou o rapaz.

- Da academia? E o que deseja? - diz Jennifer quando levava beijos do Dean no pescoço.

- Houve uma mudança do dia da apresentação! - informou o jovem.

- Jenny! Desliga! - sussurrava Dean ao ouvido dela.

- Mudança de planos? - diz ela espantada levando com os beijos do Dean.

- Sim! - disse o rapaz - O vosso horário foi mudado para amanhã! - avisou ele, cuidadosamente.

- Amanha? - diz ela espantada.

- Exactamente! Ao que parece um coreografo, outro dos tais, avaliou a gravação do vídeo da dança e do canto, e achou bastante bom!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Sab Fev 09, 2008 8:32 am

- Ok. Nós estaremos ai amanha. - diz Jennifer.

- Cá esperaremos! - disse o jovem - Tenha um resto e bom dia! - e desligou.

- Desligou. Já sou toda tua. - diz Jennifer.

Dean faz um sorriso amarelo.

- Estás a sorrir dessa forma porque? - diz Jennifer.

- Aleluia! - suspirou ele.

Jennifer sorriu e beijou-o. E enrolaram. Entretanto na praia. Sam continuava a espera que Buffy subisse.

- Como é que ela ainda é capaz de estar viva!? - perguntou Ryan.

- Já está há bastante tempo debaixo de água! - informou Luke.

As meninas fizeram uma cara de grande desespero. Mas de repente, algo surge da água.

- Raios! - disse Buffy, falando muito depressa.

Sam vai ter com ela a nado. O surfista estava a salvo, inconsciente, mas vivo. Buffy só tossia.

- Estás bem!? - perguntou Sam.

- Optimamente bem! - disse ela, puxando o surfista - Podemos ir para terra!?

- Sim. - diz Sam.

Chegam a terra. E Sam explica o que Jennifer lhe disse.

- Ahhh! - disse Buffy, recuperando o ar.

Entretanto começa a anoitecer. Dean e Jennifer estavam a procura da campa do surfista.

- Bela tarde. - diz Dean com um sorrisinho.

- Podes crer! - ria-se Jennifer, olhando para as milhentas campas.

- Anda procurar a campa. - diz Dean.

- Mor, tu já estas a frente dela. - diz Jennifer.

Dean olha para baixo e vê o nome do surfista.

- Pois estou! - riu-se ele.

- És mesmo totó. - diz Jennifer a rir-se.

Dean deita-lhe a língua de fora, e prepara o material para a escavagem. E passa a Jennifer a pá e começam os dois a escavar.

- Já sentia saudades disto. – diz Jennifer.

- Também eu. Então de fazer isto, contigo. – diz Dean.

- Dean, não hora de estares a fazer-me olhinhos. Vamos trabalhar. – diz Jennifer.

- Ok. Tu estás muito trabalhadora. – diz ele.

- Quero despachar isto para irmos tratar dos olhinhos para casa. – diz ela a provocar.

- Sim, mor. As tuas ordens. – diz ele a sorrir maliciosamente.

Continuam a escavar até que encontram o caixão e abrem-no e vêm que está vazio.

- Mas que raios!? - comentou Dean.

- Mas isto está vazio. - diz Jennifer

- Sem corpo não há adeus ao espírito! - sentou-se ele. - A não ser que... - lembrou-se ele de repente.

- O que? - perguntou Jennifer.

- Algum tipo de objecto ainda ande por ai! - informou Dean.

- Bora. Temos de ir ter com os outros avisá-los. - diz Jennifer dá-lhe a mão.

Dean faz um sorriso.

- Dean, que sorriso é esse? - diz ela a desconfiar.

- Nada! - respondeu ele, seriamente - Vamos lá! - e segurou-lhe a mão.

- Então vamos. - diz ela.

Jennifer começou a trepar quando por qualquer razão inexistente, Dean escorrega, e os dois caem em cima da tampa do caixão.

- Ai! - diz Jennifer.

- Ups! - soltou ele - piso escorregadio.

Dean estava em cima de Jennifer.

- Escorregadio? - diz Jennifer.

- Sim, escorregadio quando molhado! - respondeu ele.

- Está bem. - diz ela a olhar para ele.

Dean olha para ela, e começa a beija-la. Jennifer começa a alinhar com ele. Mas são interrompidos por um barulho que até saltam.

- É o telemóvel! - suspirou Jennifer. - Sim? - diz Jennifer.

- Já trataram do espírito!? - perguntou Buffy - Nós estamos na praia ainda.

- O caixão esta vazio. Nós vamos para ai agora. Até já estraga momentos. - diz Jennifer desligando.

- Deu-lhe! - disse Buffy, olhando para o ecrã do telemóvel.

- Então!? - perguntou o Gang Scooby de Newport.

- Não há corpo, mas eles vêm já ter connosco! - avisou Buffy.

Todos ficaram com uma cara de morte. Entretanto ouvem o barulho do impala a estacionar.

- Então, entrou alguém na agua? - perguntou Jennifer.

- Rápidos!? - disse Sam.

- Tirando o meu momento heróico, não! - informou Buffy.

- Estávamos a caminho quando telefonaste, estraga momentos. - diz Dean a gozar com ela.

- A vida não é feita só de coisas boas! - responde buffy.

Dean faz uma cara de não agradecido. De repente vêem o espírito a levar mais um surfista com a correia.

- Malta! - grita Jennifer.

Todos olham.

- Até já! - e correu Buffy, despindo-se pelo o caminho.

Sam foi atrás dela.

- Tu drogaste!? É de noite! - informou Sam, agarrando-a.

- Sim, drogo-me e é com lixívia, meu bem! - respondeu ela, solando-se, para ir a água.

- Malta, onde esta a correia que a Buffy achou no restaurante? - diz Dean.

- Não sei! - disse Sam, indo sondar o blusão dela.

- Acho que estava no blusão! - disse Marissa.

Buffy acabava agora de mergulhar nas águas escuras.

- Ficou em casa? - perguntou Dean.

- Não! - disse Summer.

- Eu via com ela na mão quando chegamos aqui de dia! - disse Taylor.

- Malta, não encontro! - informou Sam, com uma cara.

- Ela veio de mota? - pergunta Dean.

Todos olharam-se.

- Sim! - respondeu Seth.

- Ela recusou-se em vir no jipe da Marissa! - disse Eric.

- Pois! - soltou Dean.

- Boa, procurem aqui pela areia. - diz Jennifer.

Então espalharam-se pela areia.

- Onde é que nós estávamos quando avistamos o outro surfista!? - perguntou Ryan.

Sam olhou em volta, e viu uns barcos abandonados.

- Ali ao fundo! - respondeu ele.

- É melhor irmos lá ver! - disse Luke.

- Vão ver. Dean anda buscar o material. - diz Jennifer.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Sab Fev 09, 2008 8:35 am

- Foi onde ela se despiu antes! - avisou Seth.

Dean e Jennifer chegam ao pé deles depois de irem buscar o material.

- Encontraram? - perguntou Jennifer.

- Dean o que estás a pensar? - pergunta Sam.

- Queimar a correia!? - diz ele.

- Sim, está bem. - diz Sam.

- Encontraram-na? - pergunta Jennifer.

- Malta! - alarmou Summer.

- Que foi!? - disseram todos em coro.

- Boo em problemas! - apontou ela.

- Eu vou lá. Destruam a correia. - diz Jennifer.

- Não Jenny! – agarrou-a Dean - é perigoso.

- Mas ela é a minha irmã mais nova! - respondeu Jennifer, soltando-se.

Dean lá a deixou ir. Jennifer despiu o casaco e começou a correr em direcção ao mar escuro.

- Encontraram? - perguntou Dean.

- Vamos para ao pé dos barcos! - disse Sam - depressa!

E lá foi o Gang Scooby mais os Winchester.

- Encontrei!! - grita Marissa.

Todos observaram.

- Lamento Marissa mas isso não é uma correia! - informou Seth.

Marissa observou melhor.

- Um colar!? - perguntou ela.

Seth abanou que sim com a cabeça. Os outros estavam de cu espetado para o céu e cabeça enfiada na areia a procurar a tão bendita correia.

- Só lixo! - comentou Lindsey.

- Encontrei!!! - diz Summer.

Todos olharam e sorriram.

- A minha menina! - disse Seth - encontrou a correia! - com um ar orgulhoso.

Dean pega na correia, põe-na na areia, enchia de gasolina e de sal e pega-lhe fogo. Buffy estava a ser asfixiada pela correia, mas mesmo assim dava cotoveladas ao surfista morto-psicopata. Jennifer tinha empurrado a vitima de modo a ela se pirar dali, e ido ajudar Buffy.

- Buffy? Porque é que eu não trouxe nada de ferro? - diz Jennifer.

E de repente o surfista larga Buffy e tenta sufocar Jennifer.

- A... grr… uh... ae... - soltou Buffy.

E começou a tossir.

- Seu... gayzão! - protestou Buffy, recuperada - Larga-a já! - e tentou tirar a mesma barrinha de ferro da manhã, do bolso.

Mas de repente o surfista começa a entrar em agonia e desaparece. E segundos depois as chamas apagam-se. Jennifer recupera o ar. E elas nadam ate a beira mar.

- Para a próxima deixa me morrer! - pediu Buffy.

- Não deixo nada. - diz Jennifer.

- O que vale as duas mortas? - perguntou Buffy.

- Mas és a minha irmã. Faria qualquer coisa por ti. - diz Jennifer.

Buffy ri-se.

- Eu sei minha totó! - respondeu ela, cheia d frio.

- Vamos ter com eles. - diz Jennifer.

- Quero ir para casa! - caminhou Buffy a tremer de frio.

Elas chegam ao pé dos rapazes.

- Vamos embora. Estou com frio. - diz Jennifer.

Sam agarra em Buffy, e levava-a para a mota. Dean tira o casaco de cabedal castanho e dá a Jennifer para ele vestir, levando-a para o Impala. As meninas olham para aquela atitude com inveja. E partem em rumo a mansão.

- Cohen nunca serias assim! - disse Summer, friamente.

- Que raiva! - murmurou Taylor.

Algo nas sombras da noite os observava a desaparecerem na imensa estrada.

- Luke podemos falar a sós? - pergunta Lindsey.

Luke sem tempo de responder é puxado por ela, para um sitio mais distante. Quando vê que estão sozinhos, Lindsey diz:

- Luke, não sei como dizer isso, mas eu estou grávida. - diz Lindsey.

Luke fica paralisado por uns instantes, mas recupera.

- Grávida? G-R-A-V-I-D-A!? - repetiu ele.

- Sim. Porquê? - perguntou ela.

Luke abraça-a com muita força, que quase a asfixia.

- Calma! Queres matar-me? - diz ela.

- Desculpa! - pediu ele - é emocionante demais! - sorriu de felicidade.

E depois entram na casa e vê que só esta Jennifer na sala e dá-lhe logo a novidade.

- Jenny!! - diz Luke.

- Sim? - diz Jennifer.

- Vou ser pai!!! - diz ele todo contente.

Jennifer ri-se.

- Parabéns! - felicita ela, abraçando-o em seguida.

E de repente entra Dean dentro de casa e vê aquela cena. E bate com a porta. Os dois ainda estavam nos abraços. Jennifer e Luke assustam-se com o barulho e afastam-se. Jennifer solta-se dele e vê Dean com uma cara e a subir as escadas com Luke Júnior ao colo.

- Luke desculpa, mas eu vou ter com ele. - diz Jennifer. - Mais uma vez parabéns.

Luke acena e vai ter com o resto do pessoal a piscina. Jennifer vê Dean no quarto deles a barafustar. Entra e fica quieta encostada a porta a observa-lo. Passado um bocado pergunta.

- Dean, o que se passa? - diz Jennifer.

Dean vira-se e fica parado, com uma cara de broken heart.

- O que se passa entre ti e o Luke? - pergunta ele.

Jennifer fica com cara de parva.

- Responde. - diz ele.

- A que vem essa pergunta? - pergunto ela.

- Não interessa. Responde a minha pergunta. - diz ele.

- Nada Dean. - respondeu ela.

- Nada? Aquela cena na sala? Não é nada? - diz ele.

- Referes-te aquele abraço? - disse ela - para tua informação ele vai ser pai. Estava a felicita-lo - informando - e alias somos so amigos e primos! - sendo mais esclarecedora.

- Não pareceu. - diz ele.

- Dean Winchester! - disse Jennifer - É impressão minha, ou está alguém remoído com ciúmes? - perguntando.

- Não estou. Ninguém toca no que é meu. - diz ele

- Não acredito que estás com ciúmes! - disse ela, partindo-se a rir.

- Estás a gozar com a minha cara? - diz ele.

- Não! - respondeu ela, já seria.

- Não? Se gostas de outro diz logo na minha cara! - diz ele.

- Dean! Tu sabes que eu só te amo a ti, e só a ti. - disse ela - e tens como prova o meu quase suicídio.

- Eu sei. Desculpa. Mas aquele abraço. Tenta pôr-te na minha posição. - diz ele.

- Ok. Pronto. Eu amo-te so a ti. - diz ela aproximando-se dele.

Dean faz um pequeno sorriso.

- Eu amo-te a ti. Desculpa os meus ciúmes. - diz ele a sorrir.

Jennifer volta a rir-se. Dean beija-a e os dois caem na cama.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DarkAngel
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 224
Data de inscrição : 14/01/2008
Idade : 30
Localização : Supernatural Land? Vá...Azeitão

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Seg Fev 11, 2008 4:01 pm

Como ja comentei noutro lado... gostei claro está, hehe... ah e tal, mais gravidas daqui para a frente não é mesmo? loooooooool... ooooops, já estou a spoilar! XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Seg Fev 11, 2008 5:21 pm

Bem aki esta o capitulo 24...

-------------------------
Capitulo 24

Os dias passavam lentamente. O calor continuava na zona sul californiana. As nuvenzinhas eram rosadas, alaranjadas, branquiçadas, consoante a altura do dia. Os passarinhos cantavam, o mar estava calmo e repleto de surfistas e banhistas. As criancinhas irritavam imenso.

- Cheirinho pacifico! - sussurrava Buffy, abraçada a Sam.

Estavam na praia sozinhos, no seu passeio de namorados. Sam beijava-lhe o cabelo.

- As vezes continuo a não acreditar que estamos juntos! - diz ela.

Sam olha para ela.

- Mas ainda bem que estamos! - diz ele.

- É! - sorri ela, beijando-o.

Mas um telemóvel oportuno começa a fazer muito estrilho.

- Sim Dean!? - atendeu Sam.

- Sammy vem para casa! - pediu Dean.

- Por alma de quem? - disse Sam, chateado.

- Sam, chega de marmelanços e figuras tristes ai na praia! - sarcasmungou Dean - e vem para casa ajudar com o estúdio.

- Com o estúdio? - perguntou Sam.

- Estúpido! Esqueceste da surpresa? - refilou Dean.

- Há pois. – diz Sam.

- Anda imediatamente para casa. - diz Dean.

De repente Sam vê Jennifer com o pequeno Luke na praia.

- Estou a ver o Júnior e a Jenny! - avisou Sam.

- Jenny! - gritou Buffy.

Jennifer vê Sam e Buffy, chama Luke e vão ter com eles com o Luke a correr até aos pombinhos que estavam na praia.

- Tia Buffy, Tio Sam! - gritou Luke enquanto corria.

- Já vou! - e Sam desligou.

Dito isto, Luke atira-se para os dois.

- Awww! - soltou Buffy - acertou-me na mama! - murmurou.

- Sam, o teu irmão anda louco a tua procura, precisa da tua ajuda para tratar daquele estúpido carro. - diz Jennifer.

Sam ficou calado durante alguns segundos.

- Sim, o estúpido carro! - respondeu ele, aborrecido - Eu estava mesmo agora a falar com ele sobre isso.

- Estavas!? - perguntou Buffy.

- Bem eu vou ter que ir ajudá-lo, senão ele mata-me logo! - e beijou Buffy - Até logo.

- Diz-lhe que eu estou aqui com a miniatura dele. - diz Jennifer a rir-se.

- Sim! - acenou Sam, desaparecendo no parque de estacionamento.

- Quero um gelado! - reclamou Luke.

- Já comeste um quando chegaste aqui. Agora so comes quando chegares a casa. - diz Jennifer.

Luke amua.

- Quero um chupa-chupa! - pediu ele.

Buffy só se ria.

- Não. Agora não. - diz Jennifer.

Buffy olhou para o relógio.

- Bem desculpem, mas tenho que ir para a Academia! - levantando-se.

- Eu também tenho de ir. - diz Jennifer.

- Para aonde!? - perguntou Buffy, pegando no saco.

- A academia. - diz Jennifer.

- Mas não tens ensaio hoje! - disse Buffy, sacudindo-se.

- Mas vou mudar os horários. – informou Jennifer.

- Então até já! - disse Buffy, caminhando sozinha em direcção ao parque de estacionamento.

- Anda Luke. Vamos a academia. - diz Jennifer.

Buffy sentou-se na moto, e partiu para a Academia. Jennifer passado um bocado entra no seu descapotável depois de prender Luke na sua cadeirinha. E partem para a academia. Chegam a academia e Jennifer com Luke dirige-se a secretaria. Entra lá dentro e espera que a atendam. Ate que aparece uma senhora.

- Bom dia Menina Turner! - disse a senhora.

- Bom dia. Será que posso mudar o meu horário? Dava-me mais jeito ser de manha por causa do meu filho. - diz Jennifer.

- Venha por aqui! - pediu a mulher.

- Obrigada. Anda Luke. - diz Jennifer.

Jennifer e Luke seguiram a senhora até outra sala, e lá acertaram os horários. Depois disso dirigiram-se para a praia novamente. Jennifer põe a toalha na areia e Luke começa a brincar na areia. Entretanto na Academia numa das grandes salas, a música tocava. Buffy estava ensaiar mais um grupo de raparigas, fraquinhas, na opinião dela.

- Turner! - chamou a coreografa! - Não é assim! - referindo-se ao movimento - quero-te menos solta!

- Que tem de mal!? - perguntou Buffy.

- Simplesmente não coincide! - respondeu a coreografo.

- Está bem! - disse Buffy, mal humorada.

- Vamos recomeçar! - disse ela.

E a música começou de novo. Entretanto na praia, Jennifer estava a observar Luke a brincar na areia. Um rapaz estava a sair da água com um grupo de amigos. E vê Jennifer sentada na areia a olhar para um miúdo a brincar na areia. A brisa batia-lhe na cara. Então o rapaz continuou a caminhar em direcção ás suas toalhas, sem desviar os olhos de Jennifer. Jennifer de repente olha para esse rapaz e sorri. O rapaz olha para o lado para ver se era para algum dos seus companheiros, mas vistos que estavam todos virados para o outro lado a observarem gajas loiras, sorriu. Jennifer levanta-se e chama Luke pois estava na hora de irem embora. E passa pelo rapaz e sorri-lhe novamente. Ele simplesmente a segue com os olhos. Entram no carro e vão-se embora. Entretanto na academia. Buffy não parava de repetir os exercícios.

- Quando é que isto pára!? - perguntou ela.

- Quando acertares no que eu quero! - respondeu a coreografa.

Buffy parou e saiu batendo com a porta. Quando ia a caminho do balneário, chocou na esquina com um jovem que estava na parte do canto.

- Desculpa. - disse o rapaz.

Buffy bufou, e entrou no balneário, batendo com a porta. Buffy tomou um duche, vestiu-se e continuou a barafustar.

- Aquela mulher é a pior cabra que já vi no mundo! - e saiu do balneário em direcção à porta da saída.

Mas foi interrompida pela cabra dos seus pensamentos.

- Buffy, podemos conversar!? - pediu a coreografa, séria.

- Tenho uns assuntos a tratar! - respondeu Buffy, friamente - Só tenho 5 minutos!

E foram para a sala da coreografa falar.

- Buffy, o que se passa contigo? - pergunta a coreografa.

- Comigo!? Nada! - respondeu Buffy.

- Nada? E a forma como saíste da sala? - diz ela.

- Não estou nos meus dias! - respondeu Buffy, virando a cara.

- Está bem. Ate amanha. - diz ela.

Buffy levanta-se e corre para a saída, antes que mais alguém a chateie, mas choca contra alguém.

- Desculpa! - diz o mesmo rapaz de a bocado.

Buffy continua andar sem lhe falar, e senta-se na mota, partindo para casa. E vê a irmã a estacionar o carro ao lado do impala.

- Hey! - diz Buffy, levando a moto para dentro do portão.

- Hey. Entramos? - diz Jennifer.

- Vamos! - disse Buffy, super aborrecida.

Entram dentro de casa, o pessoal estava a falar e de repente calam-se quando as vêem.

- Tanto silêncio! - comentou Buffy, fechando a porta.

- Oláaa! - respondeu o Scooby Gang.

- Pai!!!! - diz Luke correndo para o Dean.

- Oi campeão! - diz Dean, agarrando-o

- Meninas venham comigo. - diz Sam.

- Hum..! - soltou Jennifer.

Buffy tinha largado o saco, para ir atrás dele.

- Anda mor. - diz Dean com Luke ao colo.

Jennifer vai atrás de Dean e de Luke. Sam abriu a porta em direcção à cave. Desceram as escadas.

- Fechem os olhos. - diz Sam.

Buffy e Jennifer fecharam os olhos. Sam e Dean continuaram a descer com elas, até que chegaram ao fim das escadas.

- Entrem. - diz Dean agarrando em Jennifer.

Sam fez o mesmo a Buffy.

- Já podemos abrir!? - perguntou Buffy.

Elas estavam no meio do estúdio.

- Sim. - disse Dean.

Buffy e Jennifer abrem os olhos e ficam espantadas.

- Lindo! - diz Jennifer de boca aberta.

Buffy corre para a trave.

- Perfeito! - diz Buffy, olhando para o espelho e para as colunas.

Jennifer estava a volta da parte do canto.

- Adorei. - diz Jennifer.

Buffy ligou a aparelhagem, e começou a ouvir as batidas.

- Aii obrigada mesmo! - Saltitou Buffy, já animada.

Jennifer aproxima-se de Dean e diz-lhe ao ouvido.

- Logo a noite dou-te uma coisa que nunca mais vais esquecer. - diz ela.

Dean sorri. Todos sobem, excepto Buffy e Sam. Quando estão la em cima.

- Luke fica aqui com a Lindsey que eu vou com o pai tratar de um assunto, está bem? E porta-te bem. - diz Jennifer.

- Sim! - disse Luke - Tenho fome!

Lindsey ficou com cara de parva.

- Vamos lá comer! - e levou-o para a cozinha.

Entretanto no quarto de Jennifer... Mal Jennifer fechou a porta, Dean começou logo a beija-la. Jennifer alinha com ele.

- Eu disse que so tinhas a noite. - diz ela entre os beijos.

Entretanto na cave-estúdio… Buffy e Sam estavam aos beijos, junto da trave.

- É melhor no quarto! - disse Buffy - Não quero estar em lengerie a frente do júnior! - e afastou-se.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jennifer Taylor
Fã 3*
Fã 3*
avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 13/01/2008
Idade : 30
Localização : A caçar

MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   Seg Fev 11, 2008 5:25 pm

Sam concordou, e subiram as escadas. Quando chegaram há sala, estava lá o Scooby Gang todo.

- Que se faz!? - perguntou Sam.

- Conversa-se! - respondeu Luke.

Entretanto Jennifer e Dean descem e vão ali ter.

- Que tal ir ao bar? Há que tempos não vou lá! - diz Jennifer.

- Ya!! - juntou-se Buffy.

- Por acaso! - começou Marissa.

- Não temos ido lá nos últimos tempinhos! - avisou Lindsey.

- Temos de deixar o Luke com alguém. - disse Jennifer.

Seth pegou nele.

- Já venho! - disse ele.

- O que ele foi fazer com a minha miniatura? - perguntou Dean.

Jennifer riu-se.

- Nem queiras saber! - disse Summer.

Seth entretanto chega.

- Olá de novo! - com o seu ar sarcástico.

- Onde levaste o Luke? - perguntou Jennifer.

- Casa da frente! - disse Seth.

Jennifer começa a rir.

- Coitados deles! - disse Taylor - Já estão sozinhos na casa!

- E só vão lá para deixar o Luke! - disse Marissa.

- A minha mãe adora o Luke. - diz Seth

- É a vossa sorte! - riu-se Ryan.

- Malta, vamos lá para o bar! - pediu Eric.

- Bora! - diz Jennifer pegando nas chaves do impala.

Buffy, Sam iam no impala mais Dean e Jennifer. O resto ia no sitio do costume, carro da Marissa. Chegam ao bar. O som estava agradável, estava a tocar uma batidazinha da Missy Elliott: One Minute Man.

- Bora procurar uma mesa. - diz Jennifer.

- Quando tiverem a comida e as bebidas chamem-me! - disse Buffy, sorrindo.

E diz logo a seguir…

- Até já! - e foi para o meio da multidão.

- Já se está a fazer ao piso! - disse Summer.

- Ya. Eu também vou. - diz Jennifer.

Jennifer arrastou-se para ao pé da irmã. E começaram a divertir-se ali no meio da pista. O dono do bar encontrava-se na varanda do piso a cima, e observava tudo o que se passava.

- Olha ali aquelas duas! - disse um colega, apontando para as Turner.

O dono olhou melhor.

- Mas eu conheço-as! - disse o dono.

- Conheces Stephen!? - perguntou o colega.

Outro rapaz que por ali estava perto, observou as duas raparigas.

- Hey Stephen! - disse o outro - Eu vi uma na praia!

- Ai foi Volchok!? - perguntou Stephen.

- Ya! - respondeu ele, bebendo a cerveja.

- Vamos lá! - disse Stephen.

Volchok seguiu-o.

- Que saudades deste bar! - diz Jennifer.

- É mesmo! - concordou Buffy.

De repente os dois rapazes apareceram ao pé delas. A malta que estava sentada fez silencio.

- Mas o que faz ele ali!? - perguntou Marissa.

- O que se passa? - diz Sam.

- Aquele ali! - apontou Ryan, em direcção a Volchok.

- É um inimigo nosso! - disse Marissa.

- E o que tem? - diz Dean.

- Eu andei com ele! - disse Marissa.

- Ele é um vigarista do piorio! - disse Summer.

Entretanto na pista de dança. Jennifer e Buffy olharam para os dois rapazes.

- Stephen!? - exclamaram em coro.

Jennifer observou melhor o outro rapaz, e quando a luz caiu em cima dele, Jennifer ficou paralisada.

- Por aqui meninas? - diz Stephen.

- Sim! - respondeu Buffy.

Jennifer continuava em silencio.

- Então vieram matar saudades do meu bar? - diz ele.

- Ahum… ahum! - soltou Jennifer.

Volchok continuava a olhar paralisado para Jennifer.

- Não apresentas o teu amiguinho!? - perguntou Buffy, aos risos.

De repente apareceu outro rapaz.

- Este é o Volchok! - apresentou Stephen.

- Sou a Buffy. - apresentou-se a própria.

- Ahum.. Jennifer! – apresentou-se ela - mas toda a gente me trata por Jenny! - e começou a rir-se.

- Stephen! - chamou o rapaz que se tinha aproximado.

- Brian! - saudou Stephen.

- Hey! - disse Volchok.

Aqui Buffy paralisou. Era o rapaz do canto com quem ela estava sempre a esbarrar.

- Bem meninas, eu sei os vossos gostos e que tal cantarem e dançarem? - diz Stephen.

Buffy estava sem voz, de tão chocada a presença de Brian ali.

- Tu hoje não andavas lá muito bem! - provocou Brian.

- Cala-te! - recuperou Buffy.

- Vamos Boo? - diz Jennifer.

- Vamos! - e virou costas a Brian.

Stephen foi para a varanda do piso acima e pegou no microfone.

- Pessoal! - disse ele.

Todos olharam para cima, e a música parou.

- Temos aqui duas convidadas especiais! - anunciou ele - Buffy e Jennifer Turner.

Todos aplaudiram.

- Isto é sempre assim!? - perguntou Dean.

- Ya. Sempre. - diz Summer.

Dean bebe o resto da bebida. Jennifer e Buffy foram para o meio da pista. Elas subiram para o palco onde havia uma bateria, um baixo, duas guitarras eléctricas e um microfone. Jennifer apoderou-se do microfone, e Buffy pegou na guitarra. Summer, Marissa, Lindsey e Taylor olharam para o resto que faltava.

- Qual e a pessoa que se candidata!? - perguntou Stephen lá do alto.

- Vão vocês! - disse Lindsey.

- Anda connosco! - disse Summer.

- Não sei cantar nem tocar nada! - riu-se ela - A Marissa sabe tocar baixo, e tu bateria.

- Eu por acaso sei tocar guitarra! - disse Taylor.

- Então vão! - sorriu Lindsey.

- Ok! - respondeu Marissa. - Até já!

E as meninas correram para o palco.

- Ok! Quando quiserem - riu-se Stephen.

- Lindsey! - chamou Jennifer - Vem cá!

- Vai lá! - disse Luke.

Lindsey levantou-se e caminhou até ao palco. Um dos empregados do bar, levou um microfone e deu-lhe.

- Eu não sei cantar! - murmurou Lindsey.

- Fazes de coro. – diz Jennifer.

Então a música começou. Estavam a tocar a música 'Don't wait up for me' das The Donnas.



Volchok e Brian olham babados para Jennifer e Buffy respectivamente. Dean e Sam estavam de olho naqueles dois.

- Eu não estou a gostar daquele gajo a olhar para a minha Jenny. - diz Dean.

- E eu do outro! - disse Sam, bebendo a cerveja.

Depois daquela rockada toda, começou outra música, bem mexidinha como as meninas gostavam



Buffy largou a guitarra, tirou o casaco de cabedal e saltou para a pista. Jennifer juntou-se a irmã. As outras quatro fizeram o mesmo. Começaram as seis dançar sensualmente. Os rapazes que estavam no bar começaram a assobiar. Dean, Sam, Eric, Ryan, Luke e Seth não estavam a gostar. Então Volchok chega-se lá e apalpa Jennifer, e depois Brian apalpa Buffy. Jennifer vira-se para ver quem era e é beijada por Volchok. Mas o mesmo não aconteceu com Buffy, ela continuou a dançar afastando-se de Brian. Dean estaca escandalizado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Supernatural: When The Past Comes Back   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Supernatural: When The Past Comes Back
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Back In Black - v1
» Can't hold it back anymore 1.0
» Animes que gostaria que criassem
» P-47D Razor Back - FAB 1/48
» [T.O. ANIMES] - Segunda temporada de Atack On Titan

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Fan fics-
Ir para: